in

Estudantes desenvolvedores preferem o Microsoft Windows em vez do Ubuntu e do Arch Linux

Vários fatores explicam o resultado.

Estudantes desenvolvedores preferem o Microsoft Windows em vez do Ubuntu e do Arch Linux

Há alguns dias, mostramos o relatório do NetMarketShare e StatCounter que analisou como Microsoft Windows está perdendo a sua quota de mercado desktop. Contudo, quando falamos em uso mais especializado, a situação é bem diferente. Ao contrário da pesquisa anterior, o último resultado da Pesquisa HackerEarth para desenvolvedores de 2020 mostra uma imagem bem diferente sobre qual Sistema Operacional é o preferido por eles. Pois é, os desenvolvedores preferem o Windows ao Linux.

Para ser mais preciso, a pesquisa divide 16.665 participantes de desenvolvedores em estudantes e categorias profissionais. Os resultados da pesquisa revelam que 78% dos desenvolvedores preferem o Microsoft Windows, enquanto 69% deles usam o Ubuntu Linux. Por outro lado, 66% dos desenvolvedores profissionais confiam no Ubuntu, que é mais de 61% dos profissionais que escolheram o Microsoft Windows.

Estudantes desenvolvedores preferem o Microsoft Windows em vez do Ubuntu e do Arch Linux

Além do Windows e do Ubuntu, os desenvolvedores também têm interesse no macOS da Apple, onde a participação de profissionais (57%) é muito maior do que os estudantes (36%). Curiosamente, 13% dos estudantes também gostam de usar o Arch Linux mais do que os profissionais que trabalham (8%).

Estudantes desenvolvedores preferem o Microsoft Windows em vez do Ubuntu e do Arch Linux

Entre outras distribuições Linux, como Fedora, Deepin ou Debian, os desenvolvedores também gostam de usá-las. Além do Linux, uma pequena porcentagem de desenvolvedores (aproximadamente 2%) tem interesse no Solaris e no FreeBSD.

No geral, o Windows ainda tem uma grande influência entre a comunidade de desenvolvedores e pode até crescer no futuro devido ao Windows Subsystem for Linux. Você também pode avaliar a popularidade na pesquisa recente realizada pelo Ubuntu. Nela, o resultado mostrou que 17% dos usuários do Ubuntu usam o Windows como seu sistema operacional principal.

Por que os alunos preferem o Windows ao Linux?

O motivo é óbvio e previsível, pois os alunos são principalmente iniciantes e, portanto, acham o Windows mais confortável. Entretanto, há distros Linux para iniciantes.

Além disso, existem distribuições Linux, especialmente para programação e desenvolvedores: as famosas distros Debian e Fedora entre elas. Portanto, outro motivo provável pode ser o envio ou dependência tradicional do Windows na maioria dos laptops dos fornecedores. Assim, a maioria dos usuários inicia sua jornada no Microsoft Windows. No entanto, à medida que você progride, alternativas ao Windows não faltam.

E o que você acha da pesquisa que mostra que os estudantes desenvolvedores preferem o Microsoft Windows em vez do Ubuntu e do Arch Linux? Isso faz algum sentido a quem deseja trabalhar na área?

Fossbytes