Hoje é:07/03/2021
Fedora vai usar o driver de áudio "Sound Open Firmware" da Intel

Fedora vai mudar para o moderno driver de áudio “Sound Open Firmware” da Intel

O Fedora 34 está planejando mudar para o moderno driver de áudio Sound Open Firmware da Intel. A mudança não é sem razão de ser. O Sound Open Firmware deve estar em boa forma agora e ser superior ao driver de som existente. Isso ocorrerá antes que a Intel mude para o código do driver SOF da Intel por padrão no kernel upstream. No entanto, essa mudança foi observada pela primeira vez pelos usuários do Fedora.

Nos últimos anos, a Intel vem investindo no desenvolvimento do Sound Open Firmware. Como diz o nome, o firmware de som agora é de código aberto. Esse esforço em torno do Low Power Engine (LPE) da Intel começou com os dispositivos da era Bay Trail/Cherry Trail. Além disso há um esforço SoF contínuo para hardware mais recente.

O padrão atual do kernel e outras distribuições é usar a solução de firmware “SST” existente. Por outro lado, o plano é fazer a transição para o uso da solução SoF de código aberto com seu driver moderno. Há um driver de kernel separado para cada solução de firmware, em vez de apenas trocar um blob de firmware proprietário por firmware de código aberto.

Fedora vai usar o driver de áudio “Sound Open Firmware” da Intel

A Intel espera eventualmente descontinuar e remover o driver padrão SST existente para o hardware de áudio Intel LPE compatível. Entretanto, primeiro o Fedora mudará o driver padrão ali para ajudar nos testes antes da mudança generalizada no kernel upstream. Essa mudança é possibilitada pelo Linux 5.11. Com ele, é possível que os drivers SST e SOF sejam construídos em um único kernel. Então, em seguida, altera o driver padrão em tempo de execução com base nos parâmetros do kernel.

Detalhes sobre a mudança no Fedora 34 podem ser encontrados no Fedora Wiki. A mudança deve ser quase invisível para os usuários finais, além de agora desfrutarem de firmware de som de código aberto (BSD/MIT licenciado) com hardware Intel LPE. Além disso, há alguns problemas sendo resolvidos com o novo driver. São melhorias para suspender e retomar o manuseio.

Mais detalhes sobre o projeto Intel Sound Open Firmware através desta apresentação de 2019 (PDF).

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão. Nas horas não muito vagas, professor, fotógrafo, apaixonado por rádio e natureza.