in

Firefox 66.0.4 liberado para resolver o problema nas extensões

Na semana passada, as extensões do Firefox deixaram de funcionar por causa de um certificado expirado.

Desenvolvedores da Mozilla não cumprirão completamente o novo manifesto do Chrome

Depois de ter um certificado expirado e que causou muitos problemas aos usuários, a Mozilla lançou uma nova versão do navegador Firefox, a 66.0.4. Segundo eles, o objetivo é corrigir o grave problema que impediu o funcionamento de todas as extensões do navegador, afetando todos os usuários. Portanto, a quarta atualização de manutenção do Firefox 66.0 “Quantum” resolve um grande problema que impede que todos os tipos de extensões sejam executadas ou instaladas. Portanto, temos o Firefox 66.0.4 liberado para resolver o problema nas extensões.

Assim, o Firefox 66.0.4 está disponível e tem um novo certificado em vigor. Por isso, deve restaurar o suporte para todos os complementos do navegador que expiraram à meia-noite de sexta-feira. Houve soluções para desativar a verificação de assinatura e a Mozilla começou a disponibilizar um certificado atualizado no sábado. Porém, o Firefox 66.0.4 é para aqueles que usam pacotes de distribuição/OS do Firefox que não recebem atualizações automáticas.

Vá em frente e pegue o Firefox 66.0.4 do Mozilla FTP se você usar complementos e for afetado pelo problema.

Histórico do problema

firefox-vai-bloquear-solicitacoes-de-notificacao-do-site-por-padrao

No dia 3 de maio, a Mozilla tomou conhecimento de um bug crítico na versão mais recente do Firefox 66.0.3 de seu navegador popular para desktops e plataformas móveis. Aparentemente isso impedia que novos e existentes complementos, temas, mecanismos de pesquisa e pacotes de idiomas fossem instalados ou executados. Para tentar resolver o problema nas extensões, foi liberado o Firefox 66.0.4.

A Mozilla imediatamente tomou medidas e aplicou uma correção temporária via atualizações OTA (Over-the-Air) a todos os usuários em plataformas de desktop, incluindo Linux, macOS e Windows. Também em todos os canais disponíveis (Stable, Beta e Nightly).

Firefox ESR e Firefox para usuários do Android foram afetados também, porém a Mozilla não conseguiu corrigir o problema sem lançar uma nova versão, que vem agora como Firefox 66.0.4 e Firefox 60.6.2 ESR. Eles consertaram a cadeia de certificados quebrada e reabilitando extensões que foram desativadas.

Alguns usuários do Firefox em determinados sistemas operacionais baseados em Linux também foram afetados e não puderam receber o mesmo patch. Assim, é necessário fazer a nova instalação  ou esperar até que novas versões sejam disponibilizadas pelos mantenedores de suas distribuições GNU/Linux através dos canais oficiais de software. A Mozilla recomenda instalar o Firefox 66.0.4 assim que estiver disponível nos seus repositórios.

Nem tudo foi resolvido

Mesmo que a Mozilla tenha se apressado em corrigir o problema crítico com o lançamento do Firefox 66.0.4 e do Firefox 60.6.2 ESR, parece que muitos problemas ainda estão presentes mesmo após a instalação dessas versões. A Mozilla promete trabalhar constantemente na correção de todos os problemas relacionados. Portanto, espere uma nova versão em breve.

“Há problemas remanescentes que estamos trabalhando ativamente para resolver, mas queríamos corrigir essa falha antes de segunda-feira para diminuir o impacto dos complementos desativados antes do início da semana”, disse Mozilla em um post no blog. Para conhecer os problemas não resolvidos e sua solução temporária, confira as notas de lançamento.

Recomendamos baixar e instalar o Mozilla Firefox 66.0.4 para GNU/LinuxmacOS e Windows, o Firefox 66.0.4 para Android, bem como o Mozilla Firefox 60.6.2 ESR para Linux, macOS e Windows. No Windows e no MacOS, você pode instalá-lo por meio de atualizações OTA e em sistemas Android por meio da Google Play Store.

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Kernel 5.2 pode estrear na próxima semana

Lançado Kernel 5.1

a-internet-pode-sofrer-uma-falha-mundial-a-qualquer-momento

A Internet pode sofrer uma falha mundial a qualquer momento!