Flatpak 1.0 lançado com várias melhorias

Flatpak 1.0 foi lançado com várias melhorias já nesta segunda-feira. Entre as muitas novidades, ele promete instalações e atualizaações mais rápidas, além de aprimoramentos de desempenho. O Flatpak 1.0 é a primeira versão de uma nova série de lançamentos estáveis. Esta nova série 1.x é a sucessora da série 0.10.x, que foi
introduzida pela primeira vez em outubro de 2017. Assim, a 1.0 é a nova versão padrão do Flatpak, e recomenda-se que as distribuições sejam atualizadas o mais rápido possível.

As notas de lançamento a seguir descrevem as principais alterações. Para ter todos os detalhes do novo Flatpak, consulte docs.flatpak.org.

Principais mudanças

Igualmente, o Flatpak 1.0 também suporta o conceito de aplicativos em fim de vida útil, melhorias de permissão, um novo portal para permitir que aplicativos criem sandboxes e reiniciem a si mesmos e aprimoramentos de suporte ao pacote OCI.

Além disso, os aplicativos podem solicitar acesso ao agente SSH do host, suporte para conceder acesso a Dispositivos Bluetooth, instalação peer-to-peer agora é suportado por padrão e uma variedade de outros aprimoramentos.

A longa lista de novos recursos e melhorias no Flatpak 1.0 pode ser encontrada através do anúncio de lançamento postado também no link a seguir: Flatpak 1.0 no GitHub .

Veja um resumo das demais alterações

  • As permissões agora usam um modelo de verificação inicial: os usuários são solicitados a confirmar as permissões do aplicativo no momento da instalação. Assim, se uma atualização exigir permissões adicionais, o usuário também deve confirmar;
  • Um novo portal permite que os aplicativos criem sandboxes e reiniciem.
  • flatpak-spawn É uma nova ferramenta para executar comandos host.

Mais mudanças

Flatpak página principal

  • Os aplicativos agora podem exportar serviços D-Bus;
  • O suporte do Flatpak para pacotes OCI foi atualizado para a especificação mais recente. Além disso, o AppData agora pode ser distribuído por meio de repositórios OCI;
  • Os aplicativos agora podem solicitar o acesso ao SSH do host para acessar com segurança servidores remotos ou repositórios Git;
  • Uma nova permissão fallback-x11 concede acesso ao X11. Isso pode ser usado para garantir que o aplicativo não tenha acesso desnecessário ao X11 enquanto estiver no Wayland. Assim, ele continua a funcionar em sessão X11;
  • A instalação ponto a ponto (via pendrives ou rede local) está agora ativada e suportada por padrão em todas as compilações.

A linha de comando do Flatpak também apresenta novos comandos e opções, incluindo:

 

  • uninstall --unusedRemove automaticamente ambiente de execução (runtime) e extensões não utilizados. Isso ocorre se você tiver removido todos os aplicativos que dependem de um ambiente de execução;
  • Novas info options, incluindo --show-permissions--file-access--show-location--show-runtime--show-sdk
  • repair Corrige instalações quebradas, procurando erros, removendo objetos inválidos e reinstalando tudo o que está faltando;
  • permission-*permite interação com o repositório.
  • create-usb pode ser usado para preparar um repositório para ser usado como uma fonte de atualizações locais.

Finalmente, a linha de comando possui uma coleção de outras melhorias, como:

  • Se, –system ou — user não forem especificados, um será escolhido automaticamente (ou perguntará se a opção correta não é adequada);
  • Os comandos install, update e uninstall agora pedem a confirmação das mudanças antes de prosseguir, a fim de evitar erros, e para mostrar as permissões do aplicativo necessários;
  • flatpak remove – flatpak uninstall.

Lembre-se de acessar este link para uma explicação detalhada sobre o novo Flatpak.

Assista ao vídeo oficial do Flatpak.

Para retirar dúvidas sobre assuntos relacionados ao Linux e suas distribuições e aplicativos, participe de novo grupo no Telegram: t.me/sitesempreupdate

 

Claylson
Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Como recuperar o GRUB do Debian com o disco de instalação

Previous article

Lançado Gimp 2.10.6

Next article

You may also like

More in Notícias