in

Google anuncia Stadia, novo serviço de streaming de jogos

O gigante de tecnologia Google revelou seus mais novos planos para entrar no mundo dos videogames.

Google anuncia novo serviço de streaming de jogos

O Google acaba de anunciar o Stadia, seu novo serviço de streaming de jogos. O foco principal não está em um console, como tem sido especulado, mas sim uma plataforma de streaming com todos os tipos de recursos. E um novo controlador que você pode usar para jogá-lo. Como acontece com outras áreas de produtos, o Google está entrando porque a empresa acredita que sua escala trará jogos de alta qualidade para centenas de milhões de players que não possuem hardware dedicado, que ainda custa mais de US $ 250 atualmente.

O foco está no serviço de streaming, com o Google alavancando sua infra-estrutura de back-end para resolver a latência. Com o “teste técnico” do Project Stream, a empresa descreveu os “desafios” associados ao streaming.

Jogar sem gastar muito

O apelo, é claro, é poder ter jogos de ponta sem gastar centenas de dólares em hardware. Então, o Google espera alcançar centenas de milhões de pessoas em vez das dezenas de milhões que atualmente possuem vídeo consoles de jogos.

O investimento do Google em streaming não é segredo. Já falamos aqui sobre ele, a versão beta do Project Stream da empresa. Isso permitiu que os usuários com conexões de internet de alta velocidade jogassem Assassin’s Creed Odyssey em uma aba do Chrome. Em vez de processar os gráficos do jogo localmente usando um PC de alto nível ou console de jogos, o Project Stream rodou o jogo nos servidores do Google, permitindo que os usuários jogassem o jogo fazendo o download dos dados na hora – ou seja, streaming.

Não é uma nova tecnologia, porém as tentativas anteriores falharam principalmente devido a problemas de latência. Assim, ao que parece, os responsáveis pelas decisões do Google acham que podem resolver o problema graças aos datacenters que possuem em todo o mundo.

Portanto, os jogos no Google poderão rodar sem um hardware específico. Então, quaisquer PCs, Macs, telefones, TVs e assim por diante poderão ser a plataforma de jogos. Além disso, será possível jogar em um computador ou Chromecast usando um controle comum do Xbox. Por outro lado, o Google também terá seu próprio controlador que possui algum tipo de capacidade de transmissão.

Novos recursos

Google anuncia Stadia, novo serviço de streaming de jogos

Você está assistindo algo do Twitch. Se aquele jogo lhe parecer legal, então poderá ser adquirido. Se os desenvolvedores do jogo tiverem permitido esse recurso, você pode baixar um arquivo de salvamento que o inicia exatamente onde o seu streamer estava tocando. Ou talvez seja um jogo multiplayer, e você pode comprar o jogo e pular imediatamente para uma partida com o streamer, se os desenvolvedores permitirem e o streamer estiver inativo.

O principal ponto de venda é a remoção de barreiras tradicionais, como discos e telas de carregamento.

Outra grande novidade é a integração do YouTube.  Isso inclui anúncios que permitem que você compre jogos diretamente. E, muito mais interessante, um recurso que pode dizer onde você está em um jogo. Assim, carrega automaticamente o ponto correto em uma demonstração do YouTube.

Google anuncia Stadia, novo serviço de streaming de jogos

Não é só. O Google vem financiando os próprios videogames. Para isso, a empresa vem ‘furtando’ desenvolvedores e executivos de todo o mundo dos videogames. Phil Harrison, ex-PlayStation e Xbox, está comandando a unidade Yeti do Google. Na semana passada, a produtora Jade Raymond anunciou que estava se juntando à empresa. Além disso, o Google passou os últimos dois anos se reunindo com grandes editores e desenvolvedores em todo o mundo.

Phil Harrison confirmou que o Google Stadia apoiaria o jogo entre plataformas. Isso inclui multiplayer com usuários em jogos suportados para outras plataformas. O Google anunciou também o Stadia Controller.

Mais funções do Google Stadia

Google anuncia Stadia, novo serviço de streaming de jogos

  • Assistente do Google dará dicas e ajudará a resolver puzzles;
  • Stadia terá estúdios first party para produção de exclusivos;
  • Espectadores poderão em partidas transmitidas ao vivo;
  • Stadia será completamente cross-plataform;
  • Stadia Controller terá botão de compartilhamento e atalho para Google Assistente;
  • Jogadores podem acessar games através do Chrome, sem necessidade de consoles ou computadores poderosos;
  • Jogar na nuvem em 4K e 60 FPS de qualquer dispositivo e sem instalações. Pro futuro, os planos são expandir para 8K a 120FPS;
  • Para surpresa geral, o serviço de streaming do Google Stadia é construído em servidores Linux. Também para surpresa, Vulkan é a sua API gráfica para streaming.

Por enquanto, o serviço chegará aos Estados Unidos, Reino Unido, Canadá e Europa. Ainda não há informações sobre quando seria lançada no Brasil.

Atualmente, a página oficial do Stadia redireciona IPs brasileiros para uma página do Chromecast. O aparelho é um dos vários que terão suporte ao Stadia, como foi mostrado na apresentação feita na GDC 2019. O Stadia será lançado ainda em 2019, sem data definida.

 

Written by Claylson

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Google remove KDE Connect da Play Store

Google remove KDE Connect da Play Store

vazamento-expoe-dados-de-15-milhão-de-clientes-da-gearbest-uma-empresa-chinesa-de-comercio-eletronico

Vazamento expões dados de 1,5 milhões de clientes da Gearbest, uma empresa chinesa de comércio eletrônico!