in

Google bloqueia serviços em navegadores Linux

Alguns serviços só funcionam no Chrome ou Firefox.

Google bloqueia serviços em navegadores Linux

Se você gosta e pretende usar os serviços do Google em outro sistema operacional, fique em alerta. Alguns desses serviços simplesmente não funcionam caso você opte, por exemplo, por navegadores exclusivos do Linux. Mesmo que em algum momento esteja tudo ok, o risco de eles pararem a qualquer instante de funcionar é grande. Assim, alguns serviços do Google em navegadores que são usados no Linux foram bloqueados pela empresa.

E quais navegadores Linux o Google bloqueia?

Google bloqueia serviços em navegadores Linux

Isso foi relatado no Reddit, onde eles explicam que não podem acessar esses serviços em navegadores Linux como Konqueror, Falkon (ambos do KDE) ou qutebrowser, este último também disponível para Windows e macOS. O problema existe, porém, por enquanto não houve nenhuma declaração oficial da empresa que é administrada Sundar Pichai.

Não consegue acessar os serviços do Google? Use outro navegador

Google bloqueia serviços em navegadores Linux
Imagem: Confiant/ZDNet

A mensagem que aparece ao tentar acessar de um navegador no momento não suportado diz que:

Não foi possível fazer o login. Este navegador ou aplicativo pode não ser seguro. Tente usar um navegador diferente. Se você já estiver usando um navegador compatível, poderá atualizar sua tela e tentar fazer login novamente .

Embora não exista uma declaração oficial, o Google tem uma página da web onde podemos ver se nosso navegador é compatível, que podemos acessar a partir daqui. O problema é que os navegadores que não podem entrar hoje podem fazê-lo há alguns dias, portanto, é provável que as informações que estamos procurando não estejam disponíveis no link anterior.

O mais estranho de tudo é que existem usuários que dizem que podem acessar os serviços do Google com o mesmo navegador. Se nem todos os usuários do mesmo software puderem entrar, podemos pensar que é uma restrição como a que impede a entrada no Gmail de alguns clientes de e-mail.

No momento, os afetados têm apenas uma opção: usar outro navegador. Enquanto se aguarda uma declaração oficial ou uma solução, a recomendação é o uso do Firefox.

Fonte: Linux Adictos

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Pré-venda de Natal da KeysWorlds.com: 35% de desconto extra em todos os softwares! Windows 10 Pro apenas € 9.09 e Office 2016/2019 Pro por um precinho especial!

Pré-venda de Natal da KeysWorlds.com: 35% de desconto extra em todos os softwares! Windows 10 Pro apenas R$ 41,76 e Office 2016/2019 Pro por um precinho especial!

Intel revisa o suporte à memória virtual compartilhada para seu driver de gráficos Linux

Intel revisa o suporte à memória virtual compartilhada para seu driver de gráficos Linux