in

Google Chrome falha nas guias do navegador e afeta empresas em todo o mundo

No que parece ser o maior passo em falso da equipe do Chrome, as empresas relatam interrupções massivas causadas por um experimento não anunciado do Chrome.

Google Chrome falha nas guias do navegador e afeta empresas em todo o mundo

E esta sexta-feira de feriadão prolongado não tem sido bom para empresas (fora do país, na maioria, obviamente). É que o Google Chrome apresenta falha nas guias do navegador e afeta empresas em todo o mundo. Uma experiência do Google Chrome deu muito errado esta semana e acabou travando navegadores em milhares de redes corporativas por quase dois dias.

O problema apareceu pela primeira vez na quarta-feira, 13 de novembro e continua hoje. Não afetou todos os usuários do Chrome. Porém, apenas os navegadores Chrome executados nas configurações de “servidor de terminal” do Windows Server, uma configuração muito comum nas redes corporativas

Google Chrome falha nas guias do navegador e afeta empresas em todo o mundo

Google Chrome falha nas guias do navegador e afeta empresas em todo o mundo

De acordo com centenas de relatos, os usuários disseram que as guias do Chrome estavam em branco, de repente, no que é chamado de erro “Tela Branca da Morte” (WSOD).

A questão não era brincadeira. Os administradores de sistema de muitas empresas relataram que centenas e milhares de funcionários não podiam usar o Chrome para acessar a Internet, pois a guia ativa do navegador continuava em branco enquanto trabalhava.

Em ambientes empresariais rigidamente controlados, muitos funcionários não tinham a opção de alterar os navegadores e ficaram impossibilitados de fazer seu trabalho. Da mesma forma, os administradores de sistema não podiam simplesmente substituir o Chrome por outro navegador imediatamente.

Isso teve um enorme impacto para todos os nossos agentes de Call Center e não foi possível conversar com nossos membros, disse alguém com um endereço de e-mail da Costco em um relatório de bug. Passamos o último dia e meio tentando descobrir isso.

Nossa organização com várias grandes marcas de varejo teve 1000 agentes de call center e muitas pessoas de TI foram afetadas por 2 dias. Isso teve um impacto financeiro muito grande, disse outro usuário.

Como muitos outros, isso teve um impacto significativo em nossa organização, com todas as nossas operações (mais de 500 funcionários) trabalhando em um ambiente RDS com o Google Chrome como navegador principal, disse outro administrador do sistema.

Centenas de reclamações chegaram pelo fórum de suporte do Google, pelo rastreador de erros do Chrome e pelo Reddit [1 , 2]. Um administrador de sistemas afetado disse que eles inicialmente confundiram as guias em branco do Chrome como um sinal de malware e reagiram de acordo, iniciando auditorias de segurança em toda a rede.

Google envia correção de emergência

Google Chrome falha nas guias do navegador e afeta empresas em todo o mundo

No entanto, com o tempo, a causa raiz do bug foi finalmente encontrada e remontada a um recurso chamado “Oclusão de conteúdos da Web”.

De acordo com o documento de design do Google Chrome, esse é um recurso experimental que suspende as guias do Chrome quando os usuários movem outras janelas de aplicativos sobre o Chrome, tratando a guia ativa do Chrome como uma guia em segundo plano.

O recurso, destinado a melhorar o uso de recursos do Chrome quando não estiver em uso ativo, estava sendo testado nas versões Chrome Canary e Chrome Beta o ano todo.

No entanto, nesta semana, o Google decidiu testá-lo na versão principal do Stable, para obter mais feedback sobre como se comportava. Como se vê, o desempenho foi desastroso.

O experimento/sinalizador está em beta há aproximadamente 5 meses”, disse David Bienvenu, engenheiro do Google Chrome. “Foi ativado para estável (por exemplo, M77, M78) por meio de um experimento que foi lançado para o Chrome na terça-feira de manhã.

Antes disso, havia cerca de 1% dos usuários dos M77 e M78 por um mês, sem relatos de problemas, infelizmente, acrescentou.

No entanto, quando lançado para um público mais amplo – como usuários do Windows nas configurações do servidor de terminal – ocorreu um erro inesperado que, em vez de suspender as guias do Chrome quando os usuários mudaram para outro aplicativo, descarregou a guia completamente, deixando uma página em branco.

Os usuários podem atualizar a guia Chrome para acessar seus sites novamente. No entanto, em alguns casos, isso também significa que eles perderam o trabalho anterior.

A equipe do Chrome disse que enviou um novo arquivo de configuração para todos os usuários do Chrome e desativou o experimento.

Os engenheiros do Chrome operam um sistema chamado Finch que permite enviar configurações atualizadas do Chrome para instalações ativas, como ativar ou desativar sinalizadores experimentais.

Se a correção não tiver atingido todos os usuários afetados e ainda tiverem problemas, eles podem desativar os dois sinalizadores experimentais a seguir manualmente:

chrome://flags/#web-contents-occlusion
chrome://flags/#calculate-native-win-occlusion

chrome-occlusion.png

Um método alternativo para corrigir isso é iniciar o Google Chrome com o seguinte argumento de linha de comando : –disable-backgrounding-occluded-windows

Correção gerou mais críticas

No entanto, corrigir o problema deixou os administradores de sistema ainda mais irritados. Muitos não sabiam que os engenheiros do Chrome poderiam realizar experimentos em suas instalações com controle rígido do Chrome. Muito menos que os engenheiros do Google poderiam enviar alterações para os navegadores de todos sem a aprovação prévia.

Você vê o impacto que você criou para milhares de nós sem nenhum aviso ou explicação? Nós não somos seus sujeitos de teste, disse um administrador de sistemas irritado. Estamos executando serviços profissionais para programas multimilionários. Você entende quantas horas de recursos foram desperdiçadas pelo seu ‘experimento’?

Quantas dezenas de milhares de dólares custam a todos? Isso está começando a parecer um grande erro da parte do Googles, acrescentou outro administrador de sistemas descontente.

Temos muito cuidado em implementar nossas mudanças de maneira muito controlada para evitar esse tipo de cenário e passamos a maior parte de ontem tentando determinar se uma mudança interna ocorreu em nosso ambiente sem nosso conhecimento. Não percebemos isso. Esse tipo de evento pode ocorrer no Chrome sem o nosso conhecimento. Já estamos discutindo opções alternativas, nenhuma delas é ótima, mas isso é insustentável, disse outro, sugerindo uma alteração no navegador da organização.

Embora tenha durado apenas dois dias, todo esse incidente está se tornando uma das maiores loucuras da equipe do ChromeMuitos usuários impactados exigiram um pedido oficial de desculpas do Google e, pela aparência do impacto financeiro que isso pode ter causado a algumas empresas, eles têm direito a isso.

Fonte: ZDNet

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Manjaro 18.1.3 é lançado

Manjaro 18.1.3 é lançado

O fim do Python 2 se aproxima

O fim do Python 2 se aproxima