in

Google confirma Fuchsia OS pela primeira vez

Embora não fosse nenhum segredo, a informação foi confirmada por um grande executivo.

Depois de muitos mistérios,  o Google confirma Fuchsia OS pela primeira vez que desenvolve  o Fuchsia OS. E a confirmação foi feita publicamente por um executivo do Google. Como todos sabemos, o Fuchsia não é exatamente um segredo bem guardado. Ele foi visto várias vezes, parcialmente graças à sua natureza de código aberto.

Então, até agora, o Google não se esforçou para esconder este terceiro sistema operacional, mas também não falou muito sobre isso. Talvez pela primeira vez em muito tempo e da melhor maneira possível, a existência e o objetivo do Fuchsia foram confirmados por um alto funcionário do Google. E não apenas qualquer executivo do Google, mas o próprio homem que comanda o Android e o Chrome OS. Assim, espera-se que as duas plataformas sejam unificadas ou substituídas pelo Fuchsia.

Passado, presente, futuro

O Fuchsia parece predestinado a romper com o passado e também expandir o presente. Ao contrário do Android e do Chrome OS, ele é baseado em um kernel completamente novo feito pelo próprio Google, o zircon. E mais do que o Android e o Chrome OS, parece que se destina a estar em todas as diferentes formas de dispositivos.

Fuchsia OS pela primeira vez confirmado pelo Google

Essa natureza foi mais ou menos confirmada por Hiroshi Lockheimer, vice-presidente sênior do Google para Android e Chrome OS, em entrevista à Vergecast. Ele descreve isso como um experimento em busca da perfeição dos sistemas operacionais. Em outras palavras, será completamente novo, mas carregando as lições que o Google obteve com o Android e o Chrome.

Ele também disse que foi um experimento com diferentes fatores incluindo e até indo além em relação ao que o Android já está usando. Ele não detalha, no entanto, quais são essas mudanças. Ele insinua, pelo menos, que a chamada Internet das Coisas (IoT) é uma dessas áreas de interesse.

A partir das palavras de Lockheimer, no entanto, parece que o Google não está planejando que o Fuchsia seja o único sistema operacional a dominar suas outras plataformas. Ele acha que “há muito espaço para vários sistemas operacionais com diferentes potenciais e especialidades”. insinuando que o Fuchsia poderia ser uma terceira via. Assim, temos o Fuchsia OS confirmado pela primeira vez.

Fonte

Written by Claylson

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

KDE Plasma 5.16

KDE Plasma 5.16 terá novo sistema de notificações

Firefox e GNOME podem ser executados no sistema de

Firefox e GNOME podem ser executados no sistema de arquivos AFS com o Linux 5.2