in

Google deveria exigir dois anos de atualizações para cada telefone Android

As marcas deixam milhões de proprietários de telefones vulneráveis.

O Google deveria exigir dois ou mais anos de lançamentos de atualização para cada telefone Android que usa seus aplicativos. Embora isso certamente represente desafios, pode melhorar significativamente a segurança e a experiência geral dos usuários, especialmente aqueles que não têm dinheiro para comprar novos telefones.

É muito comum para os fornecedores lançar apenas uma atualização principal do Android para modelos de baixo custo. Algumas marcas são notórias por manter os clientes em versões antigas do Android.

Google deveria exigir dois anos de atualizações para cada telefone Android

No mínimo, as marcas deixam milhões de proprietários de telefones vulneráveis a falhas de segurança que pequenos patches não consertam. Isso sem incluir os perigos dos botnets; os hackers podem arruinar a internet para todos se sequestrarem um grande número de telefones.

Google deveria exigir dois anos de atualizações para cada telefone Android
Embora isso certamente represente desafios, pode melhorar significativamente a segurança e a experiência geral dos usuários. Imagem: Google.

Uma política de lançamento de atualização do Android inconsistente também limita o acesso aos recursos. Assim, você não terá acesso a determinados recursos, a menos que faça uma grande atualização.

Embora os fornecedores Android provavelmente não sejam mal-intencionados, eles estão efetivamente dizendo aos clientes que não merecem lançamentos robustos de atualização, a menos que comprem hardware premium.

Muitas pessoas simplesmente não têm dinheiro para comprar telefones de última geração, principalmente em países em desenvolvimento; e estão sendo punidas por circunstâncias que não conseguem controlar.

Para a segurança, os benefícios seriam bastante claros. Não importa o telefone que você comprou, você teria as medidas de segurança mais recentes para grande parte (se não toda) da vida útil do seu dispositivo. Os invasores teriam mais dificuldade em comprometer os telefones sabendo que mais pessoas teriam a versão mais recente do Android.

Se o Google exigisse que todos os telefones recebessem pelo menos dois anos de atualizações, isso seria um sinal de que cada usuário Android é valorizado, independentemente de onde morem ou o que possam pagar. Seu telefone básico seria tão importante quanto o telefone de primeira linha de outra pessoa.

Android Authority

Play Store foi identificada como principal fonte de distribuição dos malwares Android

Novo malware Ghimob pode espionar 153 aplicativos Android

Android Auto 5.8 permitirá que você altere papéis de parede