in

Google trabalha em correções do Kernel Linux

Chamados de AddressSanitizer e UndefinedBehaviorSanitizer eles têm a função de limpar problemas no Kernel.

Google trabalha em correções do Kernel Linux

Uma das contribuições que o Google está trabalhando para o kernel Linux upstream é um novo “desinfetante”. Ao longo dos anos, o Google trabalhou no AddressSanitizer para encontrar erros de corrupção de memória, UndefinedBehaviorSanitizer para comportamento indefinido no código e outros ‘desinfetantes’. Sendo assim, o Google trabalha em correções do Kernel Linux.

O kernel do Linux foi exposto a isso, assim como a outros projetos de código aberto, enquanto o seu mais recente instrumento de limpeza é o KCSAN. Ele é focado como um Kernel Concurrency Sanitizer.

Como o Google trabalha em correções do Kernel Linux?

Google trabalha em correções do Kernel Linux

O Kernel Concurrency Sanitizer (KCSAN) está focado na descoberta de problemas de corrida de dados no código do kernel. Esse detector dinâmico de corrida de dados é uma alternativa ao Kernel Thread Sanitizer.

Em seus testes no mês passado, em dois dias, eles encontraram mais de 300 condições únicas de corrida de dados no kernel da linha principal.

Nas próximas semanas, a equipe planeja:

* Configurar uma instância do syzkaller.
* Compartilhar o painel para poder ver as corridas encontradas.
* Tentar enviar correções para algumas corridas em grande quantidade.

Ainda de acordo com os desenvolvedores, existem algumas perguntas em aberto:

A grande: a maioria das corridas relatadas é devido a acessos não marcados; pode ser necessária a priorização ou remoção de corridas para concentrar os esforços iniciais para consertar corridas. Comentários sobre a melhor forma de proceder são bem-vindos. Estamos cientes de que são problemas que recentemente receberam atenção no contexto do LKMM, disseram eles.

Houve uma discussão recente sobre o Kernel Concurrency Sanitizer no LKML. Para aqueles que desejam conhecer melhor o projeto, o código, pelo menos por enquanto, está sendo hospedado no GitHub. Para mais detalhes sobre este assunto, consulte este link.

Fonte: Phoronix

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Conheça o computador autônomo de um carro elétrico da Tesla

Conheça o computador autônomo de um carro elétrico da Tesla

Flatpak 1.5 lançado com correções

Flatpak 1.5 lançado com correções