in

Como instalar o Cacher no Ubuntu, Fedora, Debian, CentOS e openSUSE!

O Cacher é muito utilizado para criar uma base de conhecimento técnico!

instalar-o-cacher-no-ubuntu-fedora-debian-centos-e-opensuse

O Cacher é uma biblioteca de trechos de códigos para desenvolvedores profissionais. Com isso, ele é utilizado para criar uma base de conhecimento que pode ser compartilhado com uma equipe. A ideia da aplicação é que o trabalho em equipe ou individual seja otimizado. E hoje, saiba como instalar o Cacher no Ubuntu, Fedora, Debian, CentOS e openSUSE, utilizando o pacote Snap.

Com isso, se você gosta de snippets, então o Cacher é essencial para você. Afinal de contas, ser lembrando é a melhor coisa, e também é possível ensinar técnicas de codificação, e ainda escrever uma primorosa documentação. Vale lembrar, que o Cacher está disponível para Linux, Windows e Mac.

O Cacher, também é conhecimento por ser bastante flexível, então você pode por etiqueta em tudo. Você pode colorir seus códigos por tipo, rotular trechos por projeto, departamento ou prioridade. E se pensou que acabou, errou.

Também é possível instalar plugins do próprio Cacher para muitos dos editores e IDEs populares, tanto para criar, quanto para inserir trechos sem sair do ambiente de codificação. Dentre os mais populares, e que geralmente o grande público utiliza, podemos destacar:

E claro, muitos outros. O compartilhamento de código é o mais interessante, pois é possível compartilhar trechos ou códigos com a sua equipe e sem nenhum deles precisar fazer nada, a atualização vai chegar à todos, mesmo que eles estejam em plataformas diferentes ou editor de código.

Você também pode compartilhar o código utilizando URLs, e o envio pode ser feito por e-mail, Slack, Twitter ou incorporar em sites ou blogs.

Talvez você queira ler também:

Neste tutorial: Saiba como instalar o Cacher no Ubuntu, Fedora, Debian, CentOS e openSUSE!

instalar-o-cacher-no-ubuntu-fedora-debian-centos-e-opensuse

Instalando o Cacher no Ubuntu e derivados!

Para instalar o Cacher no Ubuntu 19.04, Ubuntu 18.04, Ubuntu 18.10, Ubuntu 16.04 ou superior, execute o comando abaixo:

sudo snap install cacher

Instalando o Cacher no Fedora e derivados!

Para instalar o Cacher no Fedora, execute os comandos abaixo. Lembrando que caso você já tenha o suporte ao Snap habilitado no Fedora, pule para o passo 3, o de instalação do pacote:

Passo 1 – Instalar o Snapd:

sudo dnf install snapd

Após executar o comando acima, lembre-se encerrar a sessão ou reiniciar o computador! Em seguida, vamos criar um link simbólico para ativar o suporte ao Snap clássico:

Passo 2 – Criar link simbólico:

sudo ln -s /var/lib/snapd/snap /snap

E agora, vamos executar o comando para instalar o Cacher no Fedora ou derivados:

Passo 3 – Instalar o pacote de software:

sudo snap install cacher

Instalando o Cacher no Debian e derivados!

Para instalar o Cacher no Debian, execute os comandos abaixo. Caso você já tenha  Snap ativado e habilitado no seu Debian, pule para o passo 2, que seria da instalação:

Passo 1 – Atualizar os repositório e instalar o Snapd:

apt update
apt install snapd

E agora, vamos executar o comando para instalar o Cacher no Debian ou derivados:

Passo 2 – Instalação do Software:

sudo snap install cacher

Instalando o Cacher no CentOS e derivados!

Para instalar o Cacher no CentOS, execute os comandos abaixo. Vamos utilizar o repositório EPEL. Caso você já tenha o repositório adicionado pule para o passo 2.

Nota:Vale lembrar que uma vez que você adicione o  repositório e habilite o suporte ao Snap no CentOS, você não precisará mais fazer isso sempre que for instalar um pacote Snap.

Passo 1 – Adicionar o repositório de software EPEL ao CentOS:

sudo yum install epel-release

Passo 2 – Instalar o pacote responsável pela compatibilidade com pacotes Snap. Caso você já tenha o suporte habilitado no CentOS para o Snap, pule para o passo 5, o de instalação do Software:

sudo yum install snapd

Passo 3 – Habilitar o serviço no sistema:

sudo systemctl enable --now snapd.socket

Passo 4 – Ativar o suporte ao Snap clássico vamos criar um link simbólico:

sudo ln -s /var/lib/snapd/snap /snap

Passo 5 – Agora, vamos executar o comando para instalar o Cacher no CentOS ou derivados:

sudo snap install cacher

Instalando o Cacher no openSUSE e derivados!

Para instalar o Cacher no openSUSE, execute os comandos abaixo. Vamos utilizar um repositório. Caso você já tenha o suporte ao Snap instalado e habilitado no openSUSE, pule para o passo 5:

Passo 1 – Adicionar repositório:

Para openSUSE 15.0:

sudo zypper addrepo --refresh https://download.opensuse.org/repositories/system:/snappy/openSUSE_Leap_15.0 snappy

Para openSUSE 15.1:

sudo zypper addrepo --refresh https://download.opensuse.org/repositories/system:/snappy/openSUSE_Leap_15.1 snappy

Para openSUSE Tumbleweed:

sudo zypper addrepo --refresh https://download.opensuse.org/repositories/system:/snappy/openSUSE_Leap_15.0 snappy

Nota: Caso você esteja utilizando uma versão diferente das propostas no momento da escrita deste artigo, basta trocar o final do link pela versão correspondente!

Passo 2 – Agora, vamos importar a chave do repositório e em seguida atualizar a nossa fonte de softwares:

sudo zypper --gpg-auto-import-keys refresh
sudo zypper dup --from snappy

Passo 3 – Vamos instalar o Snapd, e em seguida você precisa reiniciar a máquina para poder continuar:

sudo zypper install snapd

Passo 4 – Agora que você reiniciou a sua máquina, vamos habilitar e iniciar o serviço do Snap, a partir de agora, sempre que você precisar instalar um pacote Snap, basta ir direto para o comando de instalação:

sudo systemctl enable snapd
sudo systemctl start snapd

Caso você esteja usando a versão Tumbleweed, execute o comando abaixo:

sudo systemctl enable snapd.apparmor
sudo systemctl start snapd.apparmor

Passo 5 – E por fim, execute o comando de instalação do Cacher:

sudo snap install cacher

É isso, esperamos ter ajudado você a instalar o Cacher no Linux!

Escrito por Emanuel Negromonte

Fundador do SempreUPdate. Acredita no poder do trabalho colaborativo, no GNU/Linux, Software livre e código aberto. É possível tornar tudo mais simples quando trabalhamos juntos, e tudo mais difícil quando nos separamos.

KDE Applications 19.08 chega em 15 de agosto

KDE Applications 19.08.2 são lançados

System76 lança dois laptops Intel com Coreboot

System76 lança dois laptops Intel com Coreboot