in

Intel Core i9-10900K foi visto com clock de 5.1 GHz

Diz-se que o chip Comet Lake de 14 nm contém 10 núcleos físicos com 20 threads.

Intel Core i9-10900K foi visto com clock de 5.1 GHz
Imagem: Reprodução | Tech Spot.

A próxima CPU Core i9-10900K da Intel terá um clock base de 3,7 GHz e aumentará para 5,1 GHz de acordo com os resultados de um benchmarking no site 3DMark. O chip poderia ser a melhor chance da Intel contra a AMD, mas será que a geração excessiva de calor será uma preocupação?

Uma captura de tela do 3DMark foi compartilhada pelo usuário do Twitter _rogame. Diz-se que o chip Comet Lake de 14 nm contém 10 núcleos físicos com 20 threads. Além disso, segundo rumores, ele é acompanhado por um cache de 20 MB.

Intel Core i9-10900K com clock de 5.1 GHz

De acordo com o site Tom’s Hardware, os coolers compatíveis com os soquetes LGA 115x devem funcionar em novas placas LGA 1200, pois possuem as mesmas dimensões dos orifícios de montagem. Assim, você deve garantir que seu cooler de escolha seja capaz de dissipar o calor que o i9-10900K irá gerar.

Intel Core i9-10900K foi visto com clock de 5.1 GHz
Imagem: Reprodução | Twitter de @_rogame.

Infelizmente, a lista do 3DMark não tinha um valor para o TDP do chip. Porém, considerando que ele seja baseado na arquitetura antiga, muitos esperam que ele fique um pouco quente.

Além disso, vale mencionar que rumores anteriores sugerem que o i9-10900K utilizará os recursos Turbo Boost Max Technology 3.0 e Thermal Velocity Boost da Intel, que permitirão que o chip atinja 5,3 GHz.

Por fim, devemos ter toda a informação nos próximos meses, pois há rumores de que os parceiros anunciarão as placas-mãe Z490 da Intel em maio.

Fonte: Tech Spot

Caso queira acompanhar mais assuntos sobre Linux, Android, hardware, programação e ficar antenado no mundo da tecnologia, fique à vontade para entrar no grupo do Sempre Update no Telegram.

Leia também:

Intel corrige vulnerabilidade de segurança em drivers Linux e Windows

Slides revelam toda a série de 10ª geração da Intel: até 5,3 GHz e 10 núcleos

Intel envia uma grande atualização de drivers gráficos para Linux 5.6

Escrito por Leonardo Santana

Profissional da área de manutenção e redes, astrônomo amador, eletrotécnico e apaixonado por TI desde o século passado.

Tem uma ideia para lidar com a COVID-19? Um supercomputador de Taiwan pode te ajudar!

Medo do coronavírus está sendo explorado para espalhar malware

WhatsApp vai permitir a mesma conta em vários dispositivos

Fundador do Telegram critica WhatsApp e diz que backdoors são camuflados como falhas de segurança