Categorias

o-android-13-tem-codinome-interno-vazado-a-aposta-agora-e-a-sobremesa-tiramisu

Android

Games

Notícias

Tutoriais Linux

Vídeos

Notícias

18/11/2019 às 07:00

4 min leitura

Avatar Autor
Por Claylson Martins

Kaspersky lança centro de transparência no Brasil

Kaspersky lança centro de transparência no Brasil

A empresa de segurança Kaspersky abrirá seu primeiro centro de transparência na América Latina em janeiro de 2020. Isso faz parte de seus esforços globais para ser mais aberto com as partes interessadas sobre a maneira como presta seus serviços. Então, Kaspersky lança centro de transparência no Brasil.

Kaspersky lança centro de transparência no Brasil

Segundo a empresa, o site de São Paulo servirá como um “centro de confiança” para parceiros, clientes e órgãos governamentais. Os clientes poderão aprender sobre as práticas de engenharia e processamento de dados da empresa. Além disso, poderão revisar as informações processadas pela empresa, como feeds de dados enviados por meio de seus produtos ao Kaspersky Security Network (KSN) baseado na nuvem.

Kaspersky lança centro de transparência no Brasil

Kaspersky lança centro de transparência no Brasil

Do mesmo modo, a empresa permitirá que os clientes compilem seu software a partir do código-fonte e o comparem com o software disponível ao público. As partes interessadas também podem solicitar uma revisão das soluções e serviços da empresa, incluindo análise de ameaças, revisão segura e o processo de teste de segurança do aplicativo.

Desde a abertura do primeiro Centro de Transparência em Zurique, em 2018, a América Latina esteve entre as primeiras regiões a adotar a Iniciativa Global de Transparência da empresa. Representantes de várias instituições governamentais da América Latina foram os primeiros a revisar o código da empresa e reiteraram seu confiança em nossas soluções, afirmou Claudio Martinelli, CEO da Kaspersky na América Latina.

Também como parte da Global Transparency Global Initiative, a empresa está adaptando sua infraestrutura de armazenamento e processamento de dados. Assim, está migrando seus processos principais da Rússia para a Suíça, uma iniciativa que começou com usuários europeus em 2018.

O anúncio foi feito no Paris Peace Forum 2019. No evento, a empresa também disse que está transferindo o processamento de dados de clientes dos Estados Unidos e Canadá para a Suíça.

Para mais informações, acesse o site com o comunicado oficial.

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão. Nas horas não muito vagas, professor, fotógrafo, apaixonado por rádio e natureza.

Últimos artigos

Newsletter

Receba nossas atualizações!

Newsletter

Receba nossas atualizações!
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.