in

Lançado conversor de vídeo HandBrake 1.3.3

Pode ser baixado como código fonte ou via Flatpak.

Acaba de ser lançado o conversor de vídeo de código aberto e multiplataforma HandBrake 1.3.3. Esta versão chega com melhor suporte a SSA e Flatpak, além de várias correções de bugs e outras melhorias. Esta versão aprimora o suporte a arquivos MKV, corrigindo um problema que fazia com que os códigos de linguagem ISO 639-2/B não fossem definidos corretamente. O problema  afetava os idiomas hebraico, indonésio, japonês e ídiche

Outra melhoria importante é em relação ao espaço ocupado pela memória Intel QSV e a memória H.265 em relação ao tamanho do buffer, conforme necessário pelo Intel Media SDK mais recente. O HandBrake 1.3.3 também adiciona melhor suporte às legendas SSA (SubStation Alpha), corrigindo um problema de manipulação de legendas SSA importadas sobrepostas e melhorando o suporte para legendas SSA fora de ordem.

Também foi aprimorado o suporte ao Flatpak, especialmente a eficiência de construção do plug-in Intel QSV Flatpak. Esta versão vem com suporte para a mais recente estrutura multimídia de código-fonte aberto e plataforma cruzada FFmpeg 4.2.3. Ela é necessária para decodificação e filtros. Da mesma forma, há um novo patch para melhorar a compilação cruzada da biblioteca de decodificação libdav1d AV1 incluída no FFmpeg 4.2 usando o GCC 10.x ou posterior.

Lançado conversor de vídeo HandBrake 1.3.3

Lançado conversor de vídeo HandBrake 1.3.3

Entre outras mudanças importantes, o HandBrake 1.3.3:

  • aprimora o suporte a fontes de vídeo onde o formato de pixel não pode ser identificado em tempo hábil;
  • implementa o log para identificar onde o suporte a hardware está desativado;
  • e corrige um problema em que os arquivos de vídeo de gama completa foram identificados como alcance limitado após a conversão ao usar filtros.

O HandBrake 1.3.3 está disponível para download agora no GitHub como um tarball de origem para integradores de Linux OS ou como um Flatpak para todos os outros que desejam instalar esta versão mais recente no momento. Os usuários do Ubuntu ou aqueles que usam uma distribuição baseada no Ubuntu também podem usar o PPA oficial executando esses comandos.

9to5 Linux

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão. Nas horas não muito vagas, professor, fotógrafo, apaixonado por rádio e natureza.