in

Lançado gerenciador de pacotes GNU Guix 1.1

Veja também as novidades do sistema lançado

Lançado gerenciador de pacotes GNU Guix 1.1

O gerenciador de pacotes GNU Guix acaba de ganhar a versão 1.1. Da mesma forma, foi lançada a distribuição GNU/Linux criada com base nelaA distribuição permite a instalação como um sistema operacional independente em sistemas de virtualização, em contêineres e em computadores comuns, além de iniciar em distribuições GNU/Linux já instaladas, atuando como uma plataforma para implantar aplicativos.

- Anúncios -

O usuário possui funções como contagem de dependência, trabalho sem root, reversão para versões anteriores em caso de problemas, gerenciamento de configuração, clonagem de ambiente (criando uma cópia exata do ambiente de software em outros computadores) etc.

Lançado gerenciador de pacotes GNU Guix 1.1

O gerenciador de pacotes GNU Guix se baseia nas realizações do projeto Nix e, além das funções típicas de gerenciamento de pacotes, ele suporta recursos como a execução de atualizações transacionais, a capacidade de reverter atualizações, trabalhar sem obter privilégios de superusuário, perfis de suporte vinculado a usuários individuais, a capacidade de instalar simultaneamente várias versões de um programa, meios de coleta de lixo (identificação e remoção de versões não utilizadas de pacotes).

Além disso, propõe-se o uso de uma linguagem especializada, de alto nível, orientada a temas e componentes da API do Guile Scheme para determinar cenários de montagem de aplicativos e regras de formação de pacotes. Esses componentes permitem executar todas as operações de gerenciamento de pacotes no esquema da linguagem de programação funcional.

O que há de novo no GNU Guix 1.1

Esta versão corresponde a 14.078 commits assumidos ao longo de 11 meses por 201 pessoas. Ele inclui muitos novos recursos, interface e desempenho do usuário, melhorias e muitas correções de bugs.

Entre as principais inovações que se destacam, podemos encontrar uma estrutura para teste automatizado do instalador gráfico. O instalador agora está montado em um sistema de integração contínua e testado em diferentes configurações (partição raiz criptografada e regular, instalação em desktops etc).

Dois novos comandos foram adicionados, um deles é “guix system description“, que possibilita, quando implementado, avaliar as alterações entre duas instâncias diferentes do sistema. O outro comando adicionado é “guix deploy”, projetado implementar o preenchimento de vários computadores ao mesmo tempo, por exemplo, novos ambientes em VPS ou sistemas remotos acessíveis via SSH.

Também podemos encontrar os novos serviços de sistema adicionados: auditd, fontconfig-file-system, getmail, gnome-keyring, kernel-module-loader, knot-resolver, mumi, nfs, nftables, nix, pagekite, pam-mount, patchwork, polkit-wheel, provenance, pulseaudio, sane, singularity, usb-modeswitch.

Do mesmo modo, as versões de software em 3368 pacotes foram atualizadas. Assim, 3514 novos pacotes foram adicionados, incluindo as versões atualizadas do xfce 4.14.0, gnome 3.32.2, mate 1.24.0, xorg-server 1.20.7, bash 5.0.7, binutils 2.32, cups 2.3.1, emacs 26.3, iluminación 0.23.1, gcc 9.3 .0, gimp 2.10.18, glibc 2.29, gnupg 2.2.20, vaya 1.13.9, guile 2.2.7, icecat 68.7.0-guix0-preview1, icedtea 3.7.0, libreoffice 6.4.2.2, linux-libre 5.4. 31 , openjdk 12.33, perl 5.30.0, python 3.7.4, y oxide 1.39.0.

Outras mudanças que se destacam nesta nova versão são:

  • O suporte à geração de imagens para Singularity e Docker foi adicionado ao comando guix pack.
  • O comando “guix time-machine” foi adicionado, o que permite que você volte para qualquer versão de um pacote salvo no arquivo Software Heritage.
  • A opção “–target” foi adicionada ao “sistema guix”, fornecendo suporte parcial para compilação cruzada;
  • O Guix é implementado usando o Guile 3, que tem um efeito positivo no desempenho.
  • O gráfico de dependência do pacote é limitado a um pequeno conjunto de componentes de origem binária do assembly (feed). Então, é um grande passo para a implementação totalmente verificável da inicialização (inicialização).
  • Sistemas de compilação foram adicionados para Node.js, Julia e Qt para simplificar a criação de pacotes para aplicativos relacionados a esses projetos.
  • Além disso, os autores de repositórios de pacotes de terceiros possuem ferramentas para escrever mensagens que o usuário pode ler ao executar o comando “guix pull –news”.

Faça o download do Guix 1.1

Lançado gerenciador de pacotes GNU Guix 1.1

Por fim, para aqueles interessados em testar o gerenciador de pacotes ou a distribuição, podem consultar os detalhes ou encontrar as imagens para download, no link a seguir.

Assim, são imagens para instalação em USB Flash (241 Mb) ou para uso em sistemas de virtualização (479 Mb). Além disso, estão disponíveis para as arquiteturas i686, x86_64, armv7 e aarch64.

GNOME 3.36.2 é lançado com várias correções de bugs e melhorias

Conheça as melhorias previstas para o GNOME 3.38

Lançada distribuição exGENT Linux baseada no Gentoo

Lançada distribuição exGENT Linux baseada no Gentoo