Hoje é:06/03/2021

Lançado GNOME 40 Alpha para teste público

O desenvolvedor Jordan Petridis anunciou hoje por e-mail a disponibilidade para teste público da versão alfa do próximo ambiente de desktop GNOME 40. Ela chegou após quase quatro meses de desenvolvimento. Além disso, a próxima série de ambientes de desktop GNOME 40 tem lançamento previsto para o final de março de 2021. Sendo assim, a partir de agora qualquer pessoa pode testar para ter uma primeira amostra dos novos recursos e melhorias. Este é, portanto, o primeiro passo para a chegada da versão estável do ambiente.

O principal novo recurso do GNOME 40 parece ser uma Visão Geral das Atividades reinventada. A promessa é ter uma melhor organização espacial da visão geral. Além disso, possui navegação aprimorada no touchpad, navegação e inicialização de aplicativos mais envolventes.

Lançado GNOME 40 Alpha para teste público e estas são as novidades

Entre as reformulações do GNOME Shell, os espaços de trabalho agora são organizados horizontalmente. Eles aparecerão em uma sequência contínua da esquerda para a direita. Assim, permitirão aos usuários deslocar e rolar. Além disso, o novo design da IU apresenta ícones de aplicativos para janelas para facilitar a identificação, e o título da janela será exibido ao passar o mouse.

Embora pareça bastante semelhante ao design do GNOME 3.38, o App Grid também recebeu uma pequena mudança no GNOME 40. Ele agora exibe páginas horizontais em vez de verticalmente. Além disso, o novo design do shell promete uma navegação e orientação intuitivas, provavelmente para melhor suportar dispositivos móveis.

Esta é a principal motivação para mudar a orientação dos espaços de trabalho de vertical para horizontal: com os espaços de trabalho dispostos horizontalmente, o eixo vertical pode ser usado para controlar o movimento para dentro e para fora da visão geral e da grade do aplicativo, explicou o desenvolvedor Allan Day.

Além da reformulação da interface do GNOME Shell, o GNOME 40 alpha também tem:

Lançado GNOME 40 Alpha para teste público
  • grandes melhorias no navegador Epiphany (GNOME Web);
  • novos recursos para a Calculadora do GNOME, como unidade de conversão;
  • várias pequenas melhorias para miniaturas na área de trabalho do GNOME;
  • e melhorias acessibilidade da tela de login.
  • Além disso, o GNOME Maps recebeu uma manipulação aprimorada de URLs do OpenStreetMap, ampliando caixas delimitadoras nos resultados de pesquisa, redesenho de bolhas de lugar com miniaturas maiores, exibição de lista organizada e resumos da Wikipedia quando disponíveis no OpenStreetMap, bem como correções de interface do usuário mais adaptativas para exibição da rede.

Também melhorado no GNOME 40 alpha é o suporte Do-Not-Disturb, o espaçamento do seletor de aplicativos em resoluções maiores, o indicador de screencast no X11, respostas inline em notificações de chat, suporte de banda larga móvel, bem como o layout de notificação MPRIS.

Outros detalhes

Por último, o GNOME System Monitor tem uma IU renovada e aprimorada com cores aleatórias para os núcleos. Tem ainda precisão de dois decimais para uso da CPU e um novo recurso de afinidade da CPU.

O GNOME Weather também traz uma grande reformulação com novos gráficos e uma interface do usuário adaptável para dispositivos móveis e desktop.

O gerenciador de arquivos Nautilus agora oferece suporte a data e hora de criação de arquivo e controla as imagens giradas na caixa de diálogo Preferências. Finalmente, o gerenciador de janelas Mutter agora funciona melhor no Wayland. Então, ele permite que os clientes remotos da área de trabalho especifiquem a origem da rolagem. Por outro lado, adiciona suporte para o bloqueio do botão de rolagem e melhora o suporte para troca do modo tablet.

Sim, dá para experimentar o novo GNOME 40. Porém…

Se você quiser experimentar o GNOME 40 alpha agora, terá que compilar os pacotes usando o instantâneo oficial do projeto BuildStream em sandbox. Pacotes originais estão aqui.

Você também pode usar uma versão de desenvolvimento de uma próxima distribuição GNU / Linux que fornecerá os pacotes GNOME 40. É o caso do Fedora 34. No entanto, tente manter em mente que esta é uma versão de pré-lançamento e não é adequado para uso em produção, destina-se principalmente para fins de teste.

9to5 Linux

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão. Nas horas não muito vagas, professor, fotógrafo, apaixonado por rádio e natureza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *