in

Lançamento da versão estável do Kernel 5.7

Hoje já começarão os trabalhos em cima do Kernel 5.8.

Participação de mercado do Linux aumentou novamente
A participação do Linux entre todos os sistemas operacionais de desktop cresceu de uma nova máxima de 2,87% em abril de 2020 para uma alta ainda maior de 3,17% em maio de 2020.

Sem surpresas, nem atrasos, Linus Torvalds anunciou neste final de semana a versão estável do Kernel Linux 5.7. Como de costume, esta versão vem repleta de mudanças, incluindo melhorias no suporte de hardware, segurança, sistemas de arquivos, virtualização, gerenciamento de recursos e um longo etc. Então, confira os detalhes do lançamento da versão estável do Kernel 5.7 e início dos trabalhos da próxima versão.

Como sempre, existem muitas mudanças no Linux 5.7, diz Torvalds, mas as estatísticas são normais (mas ‘normais’ para nós são obviamente muito grandes e significam ‘quase 14 mil commits que não foram integradas por cerca de dois mil desenvolvedores. Portanto, o Linux está avançando sem problemas a todo vapor.

Alguns dos novos recursos ??do Linux 5.7 incluem:

  • aprimoramento da Pressão Térmica, um processo que facilita a alteração das frequências da CPU no agendador de tarefas e ajuda a controlar melhor a temperatura quando o sistema está enfrentando workloads pesados;
  • Novo driver para o sistema de arquivos exFAT que substitui o anterior graças ao fornecimento da Microsoft, mas que será mantido pela Samsung e que promete melhorar consideravelmente o desempenho; 
  • Melhorias no manuseio de EFI pelo carregador de inicialização GRUB, o que não ocorre há muito tempo.
  • O Linux 5.7 também apresenta inúmeras melhorias no suporte gráfico, começando com o suporte para Tiger Lake, a décima segunda geração da Intel integrada; 
  • Suporte aprimorado para monitores modernos de OLED e HDR no AMDGPU, o driver aberto para gráficos AMD; 
  • Um Nouveau, o driver aberto para gráficos da NVIDIA, que está progredindo e agora corrige vários problemas. Assim, não é de surpreender que mais e mais pessoas prefiram usar AMD no Linux, incluindo Linus Torvalds.

Por fim, o Linux 5.7 é uma versão com muitas mudanças, porém, sem grandes novidades que mereçam um destaque maior. O que existe de mais impressionante é a chegada de suporte para os chips Qualcomm Snapdragon 865 ou um novo controlador que permite suporte para carregamento rápido de dispositivos iOS.

Fora isso, a maior parte das mudanças se concentra no núcleo tudo puramente técnico. O melhor lugar para ver tudo isso em detalhes é neste link.

Lançamento da versão estável do Kernel 5.7

Lançamento da versão estável do Kernel 5.7

Linus comentou no anúncio do lançamento do 5.7,

Então tivemos uma calma na semana passada, sem nada realmente gritante (…) esperemos que não tenhamos nada à espreita dessa vez, como a última – regressão wifi minuciosa que tivemos na versão 5.6. Mas apesar disso, tudo parece bem.

Como sempre, o novo kernel pode ser obtido no Kernel.org.

Com isso, Linus começará a trabalhart as solicitações pull do Linux 5.8 a partir de hoje.

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.