Loja oficial do Ubuntu foi fechada

Um notícia triste para fãs de produtos do Ubuntu: o Ubuntu Shop foi fechado! Acessando o domínio shop.canonical.com em qualquer navegador, sumiram todos os produtos que eram vendidos por lá. Quem estava acostumado a ver uma loja cheia de camisetas, colhedores, canetas e muito mais ficará decepcionado. Tudo isso foi substituído por uma mensagem que não deixa dúvidas: “a Loja Ubuntu está fechada”. Então o que aconteceu? Por que a loja oficial do Ubuntu foi fechada?

Loja do Ubuntu fecha

loja-oficial-do-ubuntu-foi-fechada

Um punhado de distribuições Linux mantém suas próprias lojas de mercadorias ou faz parceria com uma de terceiros. Isso permite que eles vendam algumas mercadorias com as logos oficiais de sua distro predileta.

Mas a Loja Canonical era um pouco diferente. Ela vendia itens que realmente poderiam ter alguma utilidade para os fãs do Ubuntu. Além disso, poderiam promover a distribuição Linux favorita, é claro.

A Canonical Store, também conhecida como “Ubuntu Shop”, foi lançada no final de 2007 com uma exclusiva camiseta preta do Ubuntu e uma pequena seleção de outros itens, como uma folha de adesivos, alguns CDs e uma caneca.

Loja do Ubuntu por volta de 2007

Como a popularidade do Ubuntu cresceu, o mesmo aconteceu com a variedade de itens sendo vendidos na Loja Canonical.

O que começou como algumas camisetas e e poucos souvenirs rapidamente se expandiu para cobrir uma gama mais diversificada de itens.

Você poderia comprar de todos os lugares, desde bolsas e mochilas para o Ubuntu, passando por capas de laptop, camisas polo e moletons, software comercial, acessórios para PC, canetas, CDs, cadernos (papéis) e muito mais.

Deixou de ser uma simples loja para vender tudo que fosse relacionado à distribuição. Então, o nome “Canonical Store” parece ser o nome apropriado para a loja. Porém, você acha que ela é vinculada / referida como a “Loja do Ubuntu”. Na verdade, você pode até acessá-la através do shop.ubuntu.com:

O que quer que fosse chamado de Canonical Store (também conhecido como Merch Hub, do Ubuntu Shop aka Shuttleworth) foi claramente um sucesso. Tinha que ter sido por ficar tanto tempo quanto isso aconteceu. Então, por que fechou?

Um sinal de declínio?

loja-oficial-do-ubuntu-foi-fechada

Alguns verão o fechamento do Ubuntu Shop como um sinal de que a popularidade do Ubuntu está em declínio. Podem especular que o sistema já não possui fãs suficientes que justificassem a manutenção de um site de compras. Por outro lado, ao mesmo tempo, quem quis adquirir alguma coisa já o fez.

Porém, é inegável que a Canonical está simplesmente cortando o supérfluo. Em suma, especula-se que a loja não dava lucro, não corria dfinheiro suficiente que justificasse sua permanência. Assim, não houve muito dinheiro com a venda desses itens promocionais, e eles raramente (ou nunca) promoveram a loja ou novos itens adicionados.

O Ubuntu ainda é a maior distribuição Linux em praticamente todas as áreas em que ele compete. Portanto, com certeza, não foi por falta de usuários. Também não é falta de poder de “marca”.

A resposta é que não se sabe porque a loja fechou de repente. Nem mesmo pessoas ligadas à Canonical souberam dar uma explicação para o fechamento.

A boa notícia é que Alan Pope, da Canonical, diz que haverá uma maneira de continuar comprando produtos oficiais para ajudar no projeto do Ubuntu. Os detalhes são poucos agora, mas uma nova “parceria” está prestes a acontecer. Avisaremos você assim que ouvirmos!

Resta ver se a nova “parceria” oferecerá uma gama tão ampla de itens quanto a loja Oficial.

Artigos recentes

Artigos relacionados