Machine learning: empresas e a nova tecnologia

Foi-se o tempo em que apenas os seres humanos eram capazes de aprender, hoje, além de nós, os computadores também podem aprender por conta própria. Esse aprendizado se dá por meio de machine learning,  uma técnica de programação que busca construir programas de computador que melhoram automaticamente com mais experiência. Diferentemente de nós que precisamos estudar horas a fio, ter dedicação e dispor de um longo período de tempo para adquirir experiência, dominar e aplicar um determinado conhecimento complexo e temos uma capacidade limitada. O programa, por meio das técnicas de machine learning desenvolve a capacidade de aprender conforme aumenta a quantidade de experiências obtidas. Assim, as atividades que demandariam um grande período de tempo ou seriam praticamente inviáveis ao serem realizadas por seres humanos tornam-se possíveis aos programas de computador. Isso se dá por que o computador consegue aprender por meio de big data (grande conjunto de dados gerados e armazenados), sendo capaz de lidar com agilidade e precisão mesmo diante de uma enorme quantidade de informação.

Como as empresas enxergam essa nova tecnologia?

Essa otimização de aprendizagem dos programas de computador, chamemos assim, fez com que diversas empresas percebessem que o machine learning pode ser um forte aliado para solucionar demandas existentes nas organizações e também na sociedade. Esse fato dá margem para que a tecnologia seja aplicada em mercados diversos, transformando-se em uma vantagem competitiva para as empresas que detêm o know how necessário. Assim, uma parcela significativa das empresas enxerga no machine learning uma tecnologia que possibilita, em muitos casos, a realização e implementação de projetos que seriam inviáveis ou muito custosos quando realizados por seres humanos. Principalmente em projetos que exigem análise de uma quantidade enorme de dados.

Como as startups estão utilizando a tecnologia?

Diante da velocidade frequente em que novos negócios são estruturados e concretizados se faz necessário a utilização de soluções que envolvam estratégias machine learning e esse fato não tem passado despercebido pelas startups. No setor imobiliário, por exemplo, algumas startups, aqui no Brasil, empresas como o portal de compra e venda de imóveis Agente Imóvel, buscam através da utilização de tecnologia, diariamente, novas tendências de mercado e oportunidades de negócios. Em um ambiente competitivo, rápido e em que a maior quantidade de informação deve ser analisada de forma precisa, ter um “robozinho” que ajuda a lidar melhor com os problemas é uma ótima opção. Por exemplo, programas que se valem do machine learning podem traçar melhor o perfil de terminado público-alvo filtrando informações irrelevantes ou buscar informações sobre tendências de mercado. Isso permite, por exemplo, que o portal se torne um meio eficaz para facilitar, de modo inteligente a compra ou o aluguel. Assim, buscando uma integração entre empresas e clientes é possível fornecer informações e serviços exclusivos tanto para consumidores quanto para outras empresas, atendendo as expectativas do mercado. Neste contexto, torna-se evidente que as soluções encontradas por meio da utilização do machine learning aumentam a capacidade de geração de novos negócios, que funcionam de forma inteligente e que são capazes de filtrar informações relevantes para que possam ser utilizadas por startups.

Redação
Este usuário é utilizado quando um post é migrado de um usuário para outro, ou quando alguém envia um conteúdo ao SempreUPdate.

    Usuários europeus alegam que rastreamento de localização do Android fere a GDPR

    Previous article

    Dell divulgou vazamento de dados e altera política de troca de senhas

    Next article

    You may also like

    More in Artigo