Take a fresh look at your lifestyle.

Microsoft lança seu primeiro Linux Kernel personalizado

Após muitos anos, a Microsoft lança seu primeiro produto Linux!

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

A Microsoft realmente está interessada no mundo Linux. Desta vez, a surpresa realmente bateu na nossa porta. Depois de muitas especulações sobre a entrada da Microsoft no mundo Linux, e até nomes imaginários criados como Linux Windows ou MS-Linux, chegou o dia. A empresa lança o seu primeiro produto Linux: o Azure Sphere. Ele contém o seu próprio Linux Kernel. E hoje afirmamos, Microsoft lança seu primeiro Linux Kernel.

Azure Sphere

Em resumo, o Azure Sphere foi projetado para proteger um conjunto de softwares e hardwares. Ele inclui microcontroladores “Azure Sphere Security Service”.  Mas o componente que nos pegou de surpresa, foi o sistema operacional Azure Sphere, baseado no Linux.

A Microsoft não comentou nada sobre este lançamento, mas o presidente atual da empresa, Brad Smith, fez questão de comentar o lançamento.

Depois de 43 anos, este é o primeiro dia em que estamos anunciando e distribuindo um kernel Linux personalizado

É muito engraçado ver isso, uma vez que o Linux já foi chamado de câncer por Steve Ballmer, que na época era CEO da Microsoft.  Assim, o jogo virou, e eles perceberam o quanto o Linux é útil e procurado pelas pessoas dentro e fora do mundo comercial.

E tem mais, o Linus Torvalds uma vez disse:

 

Se a Microsoft alguma vez fizer aplicações para Linux, significa que eu ganhei”

Ele ganhou!

Então, espanto em relação a essa atitude a Microsoft não causou. Porém, é bom lembrar que desde 2016 a empresa vem desenvolvendo itens para o GNU/Linux, como o SQL Server. Depois, vimos claramente a adoção do GNU/Linux no Azure, que é o serviço de nuvem da empresa.

Pelo o que rola nos bastidores, a qualquer momento, a Microsoft vai lançar sua própria distribuição GNU/Linux. Não há informação se será gratuita. Recuperando o histórico da empresa, temos ciência do Microsoft Xenix que foi lançado em 1980 e que é uma plataforma com base Unix.

E hoje, então, para confirmar a tese de que o Linux já tem sua parcela a alta relevância no mundo dos sistemas, a Microsoft bateu o martelo a lançou o seu próprio Linux Kernel personalizado. Assim, para mais informações sobre o assunto, consulte o item via ao final do artigo.

Confira abaixo o vídeo criado pela Microsoft em torno do Microsoft Azure Sphere:

Via Azure Blog Zdnet

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Comments