in

Morre Larry Tesler, criador do ‘copiar e colar’

Ele também foi responsável por vários outros projetos.

Morre Larry Tesler, criador do 'copiar e colar'

Faleceu recentemente um dos ícones da internet, reponsável pela criação de vários programas e funções muito utilizados até os dias atuais. O engenheiro de computação Larry Tesler, criador da função copiar e colar, morreu no último dia 16 de fevereiro, aos 74 anos. O legado dele vai muito além dessa função. Entre 1973 e 1980, ele trabalhou no Xerox PARC, considerado o local onde nasce parte da computação moderna, porque a primeira interface gráfica da história é desenvolvida lá. Controlado por mouse, que a Apple posteriormente evoluiria para o mercado com a Apple Lisa e o Macintosh original entre 1983 e 1984.

Uma doação de bilhões de horas para a humanidade

Copiar e colar

Sem dúvida, a função copiar e colar é um excelente resumo da contribuição de Tesler. A primeira versão dessa função apareceu no processador de texto Gypsy, que Tesler criou no PARC com Tom Mott. Com o tempo, todos os processadores integraram essa função

Tesler atuou como vice-presidente da AppleNet e do Advanced Technology Group da Apple

Em 1980, antes do surgimento da interface gráfica do usuário em Lisa, Tesler começou a trabalhar com a Apple. Com o pessoal de Cupertino, ele passou 17 anos muito produtivos, onde o engenheiro se concentrou na acessibilidade para milhões de pessoas que começaram a usar um computador pela primeira vez. Nesse campo, destacou-se a busca por coerência e previsibilidade.

Tesler estava tão focado nisso, que um ‘no modes’ podia ser lido na placa de seu carro, em referência ao fato de que as interfaces sempre deveriam se comportar de maneira semelhante e clara. 

Ironicamente, surgem críticas ao iPadOS  que possui um design e funcionamento modais e ‘os modos geralmente são ruins’, como defendia Tesler.

Depois de trabalhar na Lisa, ele foi o chefe do grupo ‘Future Architecture “. Em Cupertino, ele também trabalhou em outros projetos, como o Newton MessagePad. Mais tarde, nos anos 90, fundou a Satagecast Software, buscando o mesmo, a acessibilidade do software para todos. audiências, depois passou por uma empresa como Amazon ou Yahoo!

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Conheça o GamePad: Uma nova plataforma de jogos 100% dedicada ao Linux e de código aberto

Conheça o GamePad: Uma nova plataforma de jogos 100% dedicada ao Linux e de código aberto

Google lança prévia do Android 11 para desenvolvedores

Google lança prévia do Android 11 para desenvolvedores