in

Navegador Brave com foco na privacidade cresceu mais de 130%

A Brave atribui seu crescimento à crescente frustração do usuário final com a falta de privacidade.

Navegador Brave com foco na privacidade cresceu mais de 130%

O navegador Brave, com foco na privacidade, anunciou que seu uso cresceu mais de 130% em seu primeiro ano de lançamento de sua versão estável. Em 13 de novembro de 2019, o Brave lançou sua primeira versão estável após ter acumulado 8,7 milhões de usuários ativos mensais e 3 milhões de usuários ativos diários durante o período beta.

- Anúncios -

O Brave teve um crescimento incrível de 130%, atingindo 20,5 milhões de usuários ativos mensais e 8,7 milhões de usuários ativos diários em novembro de 2020.

Navegador Brave cresceu mais de 130%

A Brave atribui seu crescimento à crescente frustração do usuário final com a falta de privacidade observada em navegadores mais estabelecidos; e um novo ecossistema de publicidade que permite aos usuários controlar como navegam na web.

Navegador Brave com foco na privacidade cresceu mais de 130%
O navegador Brave, com foco na privacidade, anunciou que seu uso cresceu mais de 130% em seu primeiro ano de lançamento de sua versão estável. Imagem: Brave.

Brendan Eich, CEO da Brave, disse:

Os usuários estão fartos do capitalismo de vigilância e 20 milhões de pessoas mudaram para o Brave por um ecossistema web inteiramente novo com publicidade opcional que os coloca de volta no controle de sua experiência de navegação.

O movimento global de privacidade está ganhando força; e este marco é apenas mais um passo em nossa jornada para tornar a privacidade um padrão para todos os usuários da web.

A Brave também viu um crescimento de 3,2x em sites verificados em seu programa de criadores; que permite aos editores ganhar tokens de criptomoeda Basic Attention Token (BAT). O número total de criadores verificados cresceu de 300.000 para 972.000 desde o ano passado.

Enquanto o Google Chrome ainda detém 69% da participação no mercado de navegadores, outros navegadores como Firefox, Brave e Microsoft Edge estão lentamente diminuindo a participação do Chrome à medida que introduzem novos recursos ou aumentam a privacidade.

Fonte: Bleeping Computer

Como instalar extensões do Google Chrome no navegador Microsoft Edge no Linux

Navegador Chromium está oficialmente disponível no Linux Mint e LMDE

Nova versão do navegador Vivaldi traz jogo ao estilo dos anos 80

Como as mensagens autodestrutivas do WhatsApp funcionarão

Como as mensagens autodestrutivas do WhatsApp funcionarão

elementary OS está chegando ao Raspberry Pi 4

Raspberry Pi 4 agora pode executar o Android 11