in

Nova versão do Nextcloud Desktop Client ganha criptografia de ponta a ponta e nova interface de usuário

Veja as vantagens que foram implementadas.

Nova versão do Nextcloud Desktop Client ganha criptografia de ponta a ponta e nova interface de usuário

Uma nova versão do Nextcloud Desktop Client, a 3.0, ganha criptografia de ponta a ponta e nova interface de usuário. O anúncio foi feito pela Nextcloud GmbH.  Portanto, o Nextcloud finalmente implementa a tecnologia E2EE (criptografia ponta a ponta) de nível empresarial.

Este é um dos recursos mais solicitados no Nextcloud, a plataforma de colaboração e compartilhamento de arquivos local mais popular. O Nextcloud Desktop Client 3.0 é o primeiro a oferecer uma solução de criptografia ponta a ponta de nível empresarial projetada com sincronização e compartilhamento de arquivos.

Com a criptografia de ponta a ponta, os usuários não precisam mais trocar manualmente as chaves de criptografia, compartilhar grandes volumes criptografados ou senhas longas e complexas. A solução da Nextcloud funciona em um nível por pasta para garantir a criptografia local de todos os arquivos e apresenta um sistema de gerenciamento de chaves totalmente seguro com proteção de identidade criptográfica na forma de certificados assinados pelo servidor.

Além disso, a solução de criptografia ponta a ponta da Nextcloud promete recursos corporativos como:

  • um registro de auditoria completo;
  • suporte para um módulo de segurança de hardware seguro (HSM) para gerar novas identidades para usuários;
  • bem como uma chave de recuperação de administrador offline opcional.

Nextcloud é a primeira a comercializar com uma tecnologia integrada e segura para manter um subconjunto de arquivos altamente confidenciais criptograficamente seguro, mesmo no pior caso de uma violação de servidor total não detectada, explica Roeland Douma, líder de segurança da Nextcloud.

A criptografia de ponta a ponta no Nextcloud funciona em todos os clientes na área de trabalho. Isso significa Linux, Mac e Windows), além de plataformas móveis Android e iOS. No entanto, como esta é a primeira implementação, o compartilhamento entre usuários não funciona. Este recurso estará disponível a partir da versão 2.0 do protocolo de criptografia ponta a ponta do Nextcloud.

Nova versão do Nextcloud Desktop Client ganha criptografia de ponta a ponta e nova interface de usuário

Para o leitor experiente em tecnologia, a Nextcloud publicou um white paper com todos os detalhes técnicos de sua solução de criptografia de ponta a ponta, que pode ser vista em https://nextcloud.com/endtoend. Você também pode ver uma prévia da criptografia de ponta a ponta do Nextcloud abaixo.

Nextcloud Desktop Client

Do mesmo modo, o Nextcloud Desktop Client 3.0 também vem com uma nova interface de usuário. Ela se integra profundamente com Nextcloud Hub, uma plataforma de colaboração de conteúdo local completa, para tornar mais fácil para os usuários acessarem os aplicativos Nextcloud, as configurações de compartilhamento de um arquivo e para adicionar uma nota para o destinatário de um arquivo na caixa de diálogo de compartilhamento.

Além disso, clicar com o botão direito do mouse em um documento no gerenciador de arquivos permitirá que os usuários editem esse arquivo diretamente no editor de documentos on-line do Nextcloud. O ícone da bandeja do sistema agora também fornece uma lista de eventos no servidor.

O Nextcloud Android Client também foi atualizado com suporte para criptografia ponta a ponta. Além disso, introduz melhorias no modo escuro e uma interface de usuário renovada que agora segue as diretrizes de design do Android mais recentes. Então, a nova IU inclui uma barra de pesquisa flutuante na parte superior com acesso rápido ao perfil do usuário.

Nextcloud Desktop Client 3.0 está disponível para download agora mesmo no site oficial.Para sistemas Linux, ele está como um AppImage, o que facilita, assim, a instalação. Os usuários do Arch Linux, Fedora e openSUSE Tumbleweed poderão instalá-lo a partir dos repositórios de sua distribuição, enquanto o código-fonte está disponível no GitHub.

9to5 Linux