in

NVIDIA deve comprar ARM por mais de 40 bilhões de dólares

Aquisição pode levar a concentração do mercado.

ARM vive fase de incertezas após compra pela Nvidia

Uma notícia para esquentar o final de semana foi a possível compra da fabricante de chips ARM pela Nvidia por um grande valor. A informação está no jornal Financial Times, que dá como certa a aquisição. Segundo o jornal inglês, a NVIDIA deve comprar ARM por mais de 40 bilhões de dólares.  Atualmente, a ARM é controlada pelo japonês Softbank.

Grandes jornais como o Financial Times e Wall Street Journal estão relatando desde sábado que o acordo entre a NVIDIA e a Arm pode estar próximo, com um possível anúncio na próxima semana. Ambos citam fontes próximas ao negócio. A compra seria feita com pagamento em dinheiro e troca de ações. Os termos em discussão seriam uma grande vitória para a SoftBank, que comprou a Arm há quatro anos por US$ 32 bilhões e lutou para impulsionar o crescimento do negócio.

NVIDIA deve comprar ARM por mais de 40 bilhões de dólares

NVIDIA deve comprar ARM por mais de 40 bilhões de dólares

Será muito interessante ver o que resulta de tal namoro. Em se concretizando, o anúncio ocorrerá em breve, ainda nesta semana. Para os que não gostam da aquisição da Arm pela NVIDIA, pode ser um grande impulso para empresas como o RISC-V.

Embora muitos argumentem que o suporte do Arm Linux seria negativamente afetado, visto que a NVIDIA é conhecida por seus drivers proprietários. No entanto, isso é muito improvável de ocorrer. A NVIDIA também dá um bom suporte ao kernel de código aberto onde faz sentido. Este seria um dos casos em questão. Em relação ao Tegra, por exemplo, eles fazem o upstream de seus drivers em última análise e até mesmo garantem um suporte Tegra Nouveau decente de acordo com os interesses e requisitos do cliente.

Rumores desde o primeiro semestre

Os rumores sobre a venda da ARM para a Nvídia ocorrem pelo menos desde julho deste ano. O acordo será o maior do setor de semicondutores. Desde então, o grupo japonês Softbank busca interessados na ARM, que tem sede em Cambridge, na Inglaterra.

A Nvidia é conhecida por suas placas gráficas. No entanto, também vem investindo em novas áreas como inteligência artificial e carros autônomos. A aquisição tornaria a empresa uma ameaça a outras gigantes do setor como Intel, Qualcomm e AMD.

A ARM não produz chips. Ela projeta e cria instruções que são licenciadas para outras empresas fabricarem os próprios processadores. A Apple, por exemplo, anunciou que os Macs vão ter processadores Arm. Isso deve tornar a aquisição ainda mais lucrativa. Porém, nem todos que hoje fazem parte da ARM são a favor da venda. O cofundador Hermann Hauser disse que o negócio seria prejudicial e destruiria a empresa britânica. Hermann diz que a Nvidia controlaria a ARM e Geforce, limitando o licenciamento dos núcleos Cortex para dominar o mercado.