in

O futuro supercomputador mais rápido do mundo usará processadores e placas de vídeo da AMD

Ele será 10x mais rápido que o atual líder.

O futuro supercomputador mais rápido do mundo usará processadores e placas de vídeo da AMD
Imagem: Reprodução | Tech Spot.

O supercomputador El Capitan do Laboratório Nacional Lawrence Livermore (LLNL) nos EUA será construído com processadores e placas de vídeo da AMD. Espera-se que ele tenha mais de 2 exaflops de desempenho e entre em operação no início de 2023. O El Capitan será um enorme salto no desempenho de supercomputação com mais potência do que os atuais 200 sistemas mais rápidos combinados. Além disso, esse valor signfica que ele é 10 vezes mais rápido que o sistema mais rápido atual.

Supercomputador usará processadores e placas de vídeo da AMD

O novo sistema será mantido pela Administração Nacional de Segurança Nuclear (NNSA) do Departamento de Energia dos EUA (DOE). Seu principal objetivo será ajudar a modelar como o estoque existente de armas nucleares dos EUA está envelhecendo através de simulações e inteligência artificial.

Além das cargas de trabalho de segurança nacional, o El Capitan também terá como alvo algumas outras áreas-chave. Isso inclui uma parceria com o Instituto Nacional do Câncer e laboratórios adicionais do DOE para acelerar a pesquisa sobre medicamentos contra o câncer e como certas proteínas sofrem mutação. Além disso, o El Capitan será usado em pesquisas para ajudar a combater as mudanças climáticas.

O futuro supercomputador mais rápido do mundo usará processadores e placas de vídeo da AMD
Imagem: Reprodução | Tech Spot.

Este sistema é uma grande vitória para a AMD e a Hewlett Packard Enterprise (HPE), que projetaram o sistema. Os supercomputadores costumavam ser dominados pelos processadores da Intel e placas gráficas da Nvidia, mas as melhorias da AMD nos dois setores estão começando a acabar com isso.

O El Capitan usará CPUs EPYC de quarta geração, codinome Genoa, baseadas na arquitetura Zen 4. No lado da GPU, ele usará placas Radeon Instinct com a arquitetura Infinity de 3ª geração.

O futuro supercomputador mais rápido do mundo usará processadores e placas de vídeo da AMD
Imagem: Reprodução | Tech Spot.

Além disso, o hardware de computação será implementado usando o sistema Shasta da Cray e a interconexão Slingshot.

A máquina possui uma proporção de GPU para CPU de 4:1 com armazenamento flash local para maior velocidade de acesso. Por fim, para ajudar a gerenciar o calor maciço gerado por esse sistema, será usado resfriamento a água.

Fonte: Tech Spot

Escrito por Leonardo Santana

Profissional da área de manutenção e redes, astrônomo amador, eletrotécnico e apaixonado por TI desde o século passado.