in

O Twitter estava em negociações para comprar o Clubhouse

A negociação de compra podia chegar a mais de R$ 22 bi

clubhouse-para-android-chegara-em-maio
Imagem: YOUPIX

De acordo com a Bloomberg, o Clubhouse conversou recentemente com o Twitter sobre uma possível aquisição do popular aplicativo de mídia social apenas de áudio. Citando “pessoas familiarizadas com o assunto”, o relatório apontou que o preço de uma possível compra do Clubhouse chegou a US $ 4 bilhões (mais de R$ 22 bi). Apesar disso, a negociação não foi para frente e não sabemos o motivo.

- Anúncios -
o-twitter-estava-em-negociacoes-para-comprar-o-clubhouse
Imagem: Getty Images

Depois que as negociações com o Twitter foram interrompidas, o Clubhouse decidiu que seria melhor levantar dinheiro por meio de uma nova rodada de financiamento de investidores que avaliou a empresa em cerca de US $ 4 bilhões. O Clubhouse permite que os membros hospedem bate-papos de áudio semelhantes a programas de rádio com entrevistas com convidados e painéis de discussão. Com apenas um ano em funcionamento, o Clubhouse já recebeu alguns grandes nomes como convidados, incluindo Bill Gates, que admitiu sua preferência pelo Android em vez do iOS na plataforma em fevereiro deste ano.

Twitter e Clubhouse

O Twitter já começou o teste beta de sua própria versão do Clubhouse, que chama de Spaces. Este último foi lançado no final do ano passado e, embora o CEO do Twitter, Jack Dorsey, seja dito que está no topo do conceito de bate-papos de áudio no Twitter, o Spaces ainda não foi totalmente implementado para todos os usuários do Twitter. Bruce Falck, chefe de produto de receita do Twitter, disse em um evento para a imprensa que a empresa está procurando maneiras de monetizar Spaces.

Outros grandes nomes do setor de tecnologia estão embarcando nessa ideia, já que empresas como LinkedIn, Facebook e Slack estão supostamente procurando adicionar recursos do tipo Clubhouse a seus aplicativos.

No momento, os assinantes podem se tornar membros do Clubhouse apenas por convite, e o aplicativo está disponível apenas na App Store da Apple. No mês passado, o fundador do Clubhouse, Paul Davison, disse que pode levar “alguns meses” para que uma versão Android do aplicativo apareça. Por aqui, aparentemente, mais um aplicativo negligenciando o Android.

Crescimento do Clubhouse

O crescimento do Clubhouse está, digamos, um pouco limitado no momento. E, isso se dá em função de sua regra “somente para convidados”. Ainda assim, o potencial de crescimento é imenso nas taxas atuais. Em dezembro, acreditava-se que o aplicativo tinha 600.000 usuários ativos semanais. No entanto, esse número atingiu dez milhões de usuários ativos semanais em fevereiro, de acordo com Davison.

Assim, talvez o aplicativo continue ainda mais em ascensão e consiga propostas ainda mais tentadores em um futuro bem próximo.

Com informações de: Phone Arena

Written by Jardeson Márcio

Jardeson é Mestre em Tecnologia Agroalimentar e Licenciado em Ciências Agrária pela Universidade Federal da Paraíba. Entusiasta no mundo tecnológico, gosta de arquitetura e design gráfico. Economia, tecnologia e atualidade são focos de suas leituras diárias.
Acredita que seu dia pode ser salvo por um vídeo engraçado.

android-12-dp-2-2-elimina-bugs-de-bluetooth-e-wi-fi

Android 12 DP 2.2 elimina bugs de Bluetooth e Wi-Fi

ei-spotify-palavra-de-ativacao-permite-controle-sem-uso-das-maos

“Ei Spotify”: Palavra de ativação permite controle sem uso das mãos