OpenIndiana 2018.10 foi lançado com suporte ao Desktop MATE 1.20

Uma nova versão do sistema operacional OpenIndiana Hipster com tecnologia Illumos está agora disponível.  O OpenIndiana 2018.10 foi lançado com suporte ao Desktop MATE 1.20. A distribuição é baseada no extinto OpenSolaris.  Portanto, o MATE 1.20 é a última versão deste fork da comunidade do conjunto de pacotes do GNOME 2.

Outras novidades

O OpenIndiana 2018.10 inclui o Python 3.5, complementando o suporte ao Python 2.7 e 3.4 disponíveis anteriormente. Além disso, há também o compilador GCC 8, o Rust 1.29, e outras atualizações.

O OpenIndiana 2018.10 também possui atualizações no Image Packaging System (IPS), uma ferramenta da KVM para o gerenciamento de máquinas virtuais e a migração de mais componentes para software de 64 bits.

Resumo das modificações

  • A área de trabalho do Mate foi atualizada para 1.20;
  • O Python 3.5 foi adicionado, muitos módulos do Python agora são fornecidos para a versão 3.5 do Python, além de 2.7 e 3.4;
  • O Image Packaging System recebeu muitas atualizações do OmniOS CE IPS e do Solaris IPS;
  • KVM agora permite que você gerencie melhor suas VMs;
  • Vários novos compiladores foram adicionados, incluindo o GCC 8 (com patches necessários para illumos) e o Rust 1.29;
  • Muitos componentes foram migrados para 64 bits apenas, e a maioria dos novos padrões de software foi para 64 bits;
  • Devido a recentes correções de segurança, a compatibilidade com alguns aplicativos Solaris foi interrompida. 

Mais detalhes sobre OpenIndiana 2018.10 Hipster via OpenIndiana.org . Veja também as notas de lançamento detalhadas para mais informações.

Baixar OpenIndiana

Somente texto e imagens ISO e USB mínimas

Claylson
Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Canonical divulga dados sobre uso de snaps

Previous article

Como remover os pacotes órfãos no CentOS

Next article

You may also like