Notícias

17/07/2019 às 11:00

4 min leitura

Avatar Autor
Por Claylson Martins

OpenSUSE ativa LTO por padrão para Tumbleweed

OpenSUSE ativa LTO por padrão para Tumbleweed

Nos últimos meses, os desenvolvedores do openSUSE têm trabalhado para habilitar o LTO por padrão para seus pacotes.Então, agora, finalmente, com a mais nova versão do openSUSE Tumbleweed, esse objetivo foi alcançado. Assim, o OpenSUSE ativa LTO por padrão para Tumbleweed.

Como o OpenSUSE ativa LTO por padrão para Tumbleweed?

OpenSUSE ativa LTO por padrão para Tumbleweed

Portanto, a partir de agora, a versão mais recente do openSUSE Tumbleweed está usando o LTO (Link-Time Optimizations) por padrão. Para usuários finais, isso deve significar binários mais rápidos e menores, graças às otimizações adicionais realizadas no link-time.

As otimizações de tempo de link permitem que diferentes otimizações sejam realizadas no link-time para os diferentes bits, compreendendo um único módulo/binário para o programa inteiro. Infelizmente, muitas distribuições Linux ainda não estão usando todo o seu conjunto de pacotes além dos agressivos como o Clear Linux.

Os testes de seus desenvolvedores estão se mostrando bem-sucedidos, embora estejam preparados para a possibilidade de algum desmame antecipado. Então, isto permite a GCC LTO em toda a sua distribuição. Do mesmo modo, LTO’ed Chromium e PGO’ed Firefox (Profile Guided Optimizations) também são esperados.

Veja a mensagem de Martin Liška

Estou feliz em anunciar que a mais recente ([1]) versão do Tumbleweed é o primeiro snapshot que usa o LTO por padrão. O snapshot sobreviveu ao teste completo do openQA e eu tenho usadoem todas as minhas máquinas. Os usuários podem esperar por binários menores e mais rápidos. No momento, estamos coletando estatísticas e planejamos escrever mais detalhes sobre os benefícios.

A habilitação não seria possível sem um grande esforço das pessoas que tiram do openSUSE: Factory. Agradeço-lhes pela ótima cooperação e agradecimentos especiais ao DimStar, que foi muito paciente comigo.

Ainda estamos esperando uma queda da mudança e vamos tentar consertar o pacote potencialmente quebrado rapidamente. Outro tópico não resolvido são compilações reprodutíveis sobre as quais estamos cooperando com Bernhard Wiedemann.

Para tornar o anúncio completo, os usuários podem esperar o pacote Chromium usando LTO e uma nova versão do Firefox utilizará recentemente a otimização orientada a perfil (PGO), disse Martin. 

Mais detalhes no opensuse-factory.

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão. Nas horas não muito vagas, professor, fotógrafo, apaixonado por rádio e natureza.

Últimos posts

Newsletter

Receba nossas atualizações!

Newsletter

Receba nossas atualizações!
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.