in

Os gerenciadores de senhas são realmente seguros?

Confira também algumas dicas de como melhorar a segurança ao usar estes gerenciadores.

A segurança é um fator fundamental para os usuários. Uma boa medida para proteger nossos dados e informações é ter chaves fortes e complexas. Eles devem atender a uma série de requisitos que não facilitam sua geração e, principalmente, lembrá-los. Agora, os gerenciadores de senhas entram em jogo aqui. Eles nos permitem gerar essas chaves fortes e com todos os requisitos recomendados, além de armazená-las. A pergunta que muitos usuários fazem é se os gerenciadores de senhas são realmente seguros e podemos confiar neles.

Gerenciadores de senhas, algo essencial hoje

Os gerenciadores de senhas são realmente seguros?

É uma realidade que temos senhas em todos os lugares. Todo registro na Internet, toda plataforma ou serviço que usamos, contas bancárias… tudo isso exige senhas. Se fizermos as coisas corretamente, a senha deverá ser completamente aleatória, com letras (maiúsculas e minúsculas), números e outros caracteres especiais. Mas eles também precisam ser únicos em cada caso.

Como gerenciamos tudo isso? Pode parecer loucura lembrar de todas essas chaves complexas que criamos. É especialmente difícil lembrar as plataformas que usamos menos. Felizmente, temos os principais administradores, que são ferramentas muito presentes no dia a dia e podemos usar computadores desktop e dispositivos móveis.

Os gerenciadores de senhas não apenas permitem armazenar as chaves, mas também gerá-las. Dessa forma, podemos garantir que a senha que vamos criar e começar a usar seja realmente segura. O objetivo não é outro senão proteger nossas contas e impedir a entrada de intrusos.

São realmente seguros?

A primeira coisa a deixar claro é que é aconselhável usar gerenciadores de senhas. Obviamente, é melhor do que usar chaves fracas, repetir senhas em sites diferentes ou até mesmo armazená-las sem criptografia.

Hoje, os gerenciadores de senhas são mais do que confiáveis. Eles foram projetados para não filtrar nossas informações e permanecer totalmente protegidos. Agora, afinal, estamos confiando em nossas senhas em um aplicativo, em uma empresa. Mas é claro que um administrador importante não é menos perigoso do que instalar extensões no navegador que podem agir maliciosamente para roubar nossas senhas, por exemplo.

Como sabemos, podemos fazer uso de gerenciadores de senhas online e offline. A diferença é clara: em um caso, eles armazenam as chaves na Internet, o que tem a vantagem de poder acessá-las de qualquer lugar, enquanto no outro caso essas chaves são armazenadas apenas em nosso computador, offline.

Qual é o mais seguro? Na opção em que teremos menos probabilidade de sofrer um ataque, que a empresa, por exemplo, é vítima de uma vulnerabilidade, é se usarmos ferramentas offline. Mas isso não significa que seja 100% seguro.

Vimos casos de gerenciadores de senhas que sofreram vulnerabilidades que podem comprometer a segurança dessas chaves. No entanto, isso também pode acontecer com os programas ou extensões que instalamos. Da mesma forma, um problema sempre presente é que alguém consegue descobrir nossa chave mestra para acessar o gerenciador de senhas.

Em resumo, podemos dizer que os gerenciadores de senhas são seguros, mas sempre pode haver um problema de segurança, como pode acontecer com qualquer tipo de software que usamos. Portanto, daremos uma série de dicas para melhorar ao máximo nossa segurança.

Como melhorar a segurança ao usar gerenciadores de senhas?

Os gerenciadores de senhas são realmente seguros?

Sempre use autenticação em duas etapas

Sempre que possível, é interessante usar a autenticação em duas etapas. Dessa forma, podemos criar uma camada extra de segurança, além da própria senha. Isso significa que alguém que conseguiu roubar nossa senha precisaria de um segundo passo para entrar.

É uma medida cada vez mais presente nas diferentes plataformas e serviços da Internet. É realmente útil e uma medida importante para melhorar a segurança. Nosso conselho é usá-lo, sempre que possível.

Crie uma senha mestra realmente complexa

Obviamente, a senha mestra é tudo ao usar os principais administradores. Precisamos criar uma senha mestra que seja realmente complexa, que não deixe espaço para ser encontrada. Afinal, é a chave que pode abrir o restante das chaves.

Gerenciadores de senhas offline

Mencionamos que, embora os gerenciadores de senhas sejam ferramentas seguras, a verdade é que em algum momento pode haver vulnerabilidades. Nosso conselho para reduzir ainda mais as chances de sofrer um ataque é usar os gerenciadores de chaves offline. É verdade que tem menos usabilidade, mas ganhamos em segurança.

Sempre instale programas de origem confiáveis e seguros

Sempre que vamos instalar programas, eles precisam ser confiáveis e também de fontes seguras. Isso também deve ser aplicado ao instalar gerenciadores de senhas. Precisamos baixá-los de lojas oficiais e garantir que o software não tenha sido modificado maliciosamente.

Mantenha os programas atualizados

Essas ferramentas sempre devem ser atualizadas corretamente. Às vezes, podem surgir vulnerabilidades que são exploradas por hackers. São os próprios fabricantes que lançam patches e atualizações de segurança. É importante sempre atualizá-los com as versões mais recentes e evitar problemas.

Então, através deste artigo, viu-se a importância dos gerenciadores de senhas, se eles são realmente seguros e como melhorar a segurança ao usá-los.

Particularmente, utilizo o KeePassXC que me atende muito bem, recomendo.

Via: RedesZone

Escrito por Fabiano Rodrigues

Usuário de Linux desde o Kurumin; servidor público, tecnólogo em análise e desenvolvimento de sistemas, amante de software livre e de código aberto; apaixonado por jogos, louco por rock e heavy metal, filmes e seriados.