in

Os novos recursos do kernel Linux 4.20 e trabalhos do kernel 4.21

Linus Torvalds inicia desenvolvimento do kernel 5.1

Já se passaram dois meses desde o início do ciclo do Linux 4.20. E ele chegará, se tudo correr bem, no dia de Natal.  São muitos recursos com a janela de mesclagem repleta de recursos. Para quem ainda não sabe o que virá, é bom dar uma lida. As mudanças são consideradas animadoras. Acompanhe aqui os novos recursos mais notáveis do kernel Linux 4.20 e trabalhos do kernel 4.21.

As novidades por setor

Linux 4.19.7 é liberado com correção importante do PCI Express

  1. Novo suporte de hardware! Como geralmente acontece, o Linux 4.20 traz muito suporte a novos hardwares. Então, isto inclui:
  • a apresentação dos gráficos para as APUs AMD Picasso e Raven 2;
  • continuou a trabalhar na criação da Vega 20;
  • a Intel continuou a montar seu suporte a gráficos Icelake Gen 11;
  • há suporte para os processadores Hygon Dhyana da China com base na AMD Zen;
  • suporte a CPU C-SKY de 32 bits;
  • habilitação Qualcomm Snapdragon 835 SoC;
  • suporte a controlador Intel 2.5G Ethernet para “Foxville“;
  • suporte para placa de som Creative Sound Blaster ZxR e AE-5 e muitas adições menores.
2. Quando se trata de processadores gráficos, em relação ao driver DRM:
  • aceleração VCN JPEG para Raven Ridge;
  • trabalho de desempenho da GPUVM resultando em alguns bons incrementos de jogos da Vulkan;
  • O Intel DRM agora conta com suporte PPGTT completo para Haswell/IvyBridge/ValleyView e suporte a HDMI 2.0 para o driver NVIDIA/Nouveau.
3. Em relação à CPU:
  • há alguns sinais da virtualização de ativação e desativação do AMD Zen 2 agora ativada por padrão para os processadores AMD/Intel;
  • comutação de contexto mais rápida para o IBM POWER9 e várias otimizações x86_64.
  • Felizmente, o trabalho da STIBP para a atenuação do Hypertermoth Spectre V2 foi suavizado sobre os candidatos a lançamento. Portanto, o desempenho é bom agora.
4. Armazenamento
  • As melhorias de desempenho do Btrfs;
  • novos recursos do F2FS;
  • o desempenho mais rápido do FUSE;
  • e melhorias do MDRAID para o RAID10 complementam o trabalho do sistema de arquivos/armazenamento.
5. Destaques técnicos do Linux 4.20
  • no futuro haverá a memória ponto-a-ponto PCIe;
  • suporte para cópias de memória de dispositivo para dispositivo em PCIe para casos de uso, como dados que vão diretamente de NICs para armazenamento SSD ou entre vários GPUs.
  • O kernel Linux agora está livre de VLA para melhor portabilidade de código;
  • possíveis benefícios de desempenho e maior segurança com o estabelecimento de matrizes de comprimento variável.
  • Também em relação ao kernel básico, a estrutura de dados do XArrays foi introduzida.

Kernel 4.21

Espera-se que o kernel do Linux 4.20.0 seja lançado no domingo, seguido pela abertura da janela de integração do kernel do Linux 4.21.

Então, na preparação para a janela de mesclagem do Linux 4.21 que deve ser aberta durante os feriados, as atualizações do subsistema de som já foram enviadas. Portanto, não há muito em termos de trabalho de infra-estrutura básica neste ciclo. Porém, há muita atividade de driver de som.

Os destaques incluem:

  • Limpeza do driver Maxim MAX9867;
  • Suporte para o AMD Audio Co-Processor 3.x como encontrado atualmente em sistemas APU Raven Ridge;
  • Em relação à Intel há suporte para seus SoCs que possuem um codec de áudio RT5660 I2S;
  • Ainda sobre a Intel estão correções para tablets e outros dispositivos com chips Baytrail e Cherrytrail;
  • Também há suporte a novos sons em torno do Asahi Kaesi AKM4118, do Meson AXG S/PDIF, de vários controladores Qualcomm SoCs e Xilinx I2S;
  • Os laptops da Huawei agora suportam o manuseio de teclas de acesso WMI e silenciamento de LED;
  • Há também correções para os notebooks HP EliteBook e ASUS UX391UA;
  • Várias outras atualizações, conforme descrito por este pedido pull que foi enviado no início pelo mantenedor Takashi Iwai.

Driver de mídia para Linux 4.21

O subsistema de mídia está projetando muito trabalho no próximo ciclo do kernel Linux 4.21. Duas solicitações pull de trabalho de recurso de mídia já foram enviadas.

Os destaques do trabalho do subsistema de mídia para o Linux 4.21 incluem:
  • O driver Intel IPU3 está sendo preparado para o próximo kernel. Isto é para a Unidade de Processamento de Imagem Intel 3 (IPU de 3ª geração) encontrada em produtos selecionados da série Kabylake/ kylake U/Y. O IPU processa imagens capturadas por um receptor MIPI CSI2 e faz interface com o subsistema V4L2 do kernel. Os desenvolvedores da Intel estão trabalhando neste driver IPU3 há mais de um ano. Esse driver IPU3 é grande o suficiente para ser enviado por meio de sua própria solicitação de recepção secundária.
  • Um novo driver de mecanismo de vídeo ASpeed e serve para SoCs AST2400/AST2500 comumente usados como BMCs de servidor. Esse driver ASpeed VE pode capturar/compactar fluxos de vídeo de fontes digitais/analógicas, ou seja, a saída gráfica do processador host. Isso inclui suporte V4L2 para capturar a saída de gráficos do host e despejar para JPEG;
  • Um driver HDMI CEC para o micro-controlador STM32 em placas x86 SECO, como o UDOO. Isso permite controlar dispositivos conectados via HDMI usando a estrutura CEC do kernel;
  • Suporte para o controle remoto do Xbox One DVD Movie Playback Kit. Há um novo switch RC_XBOX_DVD para habilitar este novo driver que permite que este Kit de Reprodução de Filmes em DVD da Microsoft Xbox funcione no Linux. Anteriormente, este controle remoto de vídeo do Xbox funcionava com um driver externo;
  • Rockchip SoCs agora tem um driver de codificador VPU JPEG para chips como o RK3399 e o RK3288;

Do mesmo modo, mais detalhes nesta solicitação de envio de mídia.

Fonte

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Ubuntu elimina todo o suporte de 32 bits

Lubuntu 19.04 deixará de fornecer versões de 32 bits

Como fazer seu Terminal Linux falar