Os principais chipsets carros-chefe deste ano parecem estar superaquecendo

Jardeson Márcio
3 minutos de leitura

Desde o ano passado que havia uma grande expectativa nos chipsets carros-chefe deste ano. Rumores apontavam que, como o processo de fabricação era relativamente novo, eles poderiam esquentar mais do que o normal. E, agora, isso parece real. Os principais chipsets carros-chefe deste ano parecem estar superaquecendo.

O superaquecimento dos chips é uma parte importante do processo de produção e os fabricantes de chips continuam a buscar maneiras de mantê-los resfriados sem afetar o desempenho geral dos mesmos.

Chipsets top de linha de três empresas estão superaquecendo

Há relatos de que três chips top de linha que estrearão em alguns dos smartphones deste ano podem estar com problemas de superaquecimento. Os chips são o Qualcomm Snapdragon 8 Gen 1, o Exynos 2200 da Samsung e o Dimensity 9000 da MediaTek, todos chips super funcionais de ponta de seus vários fabricantes.

A empresa taiwanesa TSMC é a produtora do Dimensity 9000, enquanto a Samsung Foundry montou o Exynos 2200 e o Snapdragon 8 Gen 1. Todos os três chips são produzidos usando o processo de nó de 4nm e de acordo com Gizmochina, alguns tweets de alguns digitadores apontaram a presença do problema de superaquecimento nesses chips de ponta.

Os vazamentos estavam relacionados ao Snapdragon 8 Gen 1, que foi observado sobreaquecimento quando testado no Motorola Edge X30, um dos poucos modelos que ostenta o chip principal. As notícias começaram a chegar ainda em dezembro, assim que o dispositivo foi lançado.

Chips menores, maior possibilidade de aquecimento

Como os chips em questão são produzidos em um processo de fabricação de 4nm, os chips são menores, o que aumenta as chances de superaquecimento. Claro, as empresas estão tentando driblar isso, mas parece que não estão conseguindo muito sucesso.

O TSMC tem um processo superior de 4 nm do que o Samsung Foundry, portanto, o Dimensity 9000 poderia ter um desempenho melhor e experimentar menos superaquecimento do que os outros dois chips. Embora as opiniões dos informantes não sejam definitivas, resta saber como será a demanda por esses chips de alta qualidade neste ano.

O Snapdragon 8 Gen 1 Plus deve ser produzido pela TSMC. No entanto, não sabemos se os problemas de superaquecimento podem ser diminuídos ou sanados. Com o Dimensity 9000 supostamente apresentando o mesmo problema dos outros chips de ponta, produzidos pela Samsung, nada parece certo por aqui.

Além desse problema, um outro ainda persistirá. A escassez global de chips ainda deve persistir além do primeiro semestre de 2022.

Via: Gizmochina

Share This Article
Follow:
Jardeson é Mestre em Tecnologia Agroalimentar e Licenciado em Ciências Agrária pela Universidade Federal da Paraíba. Entusiasta no mundo tecnológico, gosta de arquitetura e design gráfico. Economia, tecnologia e atualidade são focos de suas leituras diárias. Acredita que seu dia pode ser salvo por um vídeo engraçado.