in

Os supercomputadores mais rápidos do mundo atingem velocidades mais altas do que nunca com o Linux

A nova lista dos computadores mais rápidos do mundo foi lançada.

Nvidia e AMD mostram ganhos de computação de alto desempenho
O supercomputador Summit. Imagem: Laboratório Nacional de Oak Ridge, EUA.

A princípio, fala-se muito sobre como os computadores quânticos podem fazer trabalhos em poucos segundos que levariam milhares de anos se fossem feitos nos supercomputadores mais rápidos do mundo. Mas a verdade simples é que, para quase todos os trabalhos, os supercomputadores são mais rápidos do que qualquer outra coisa no planeta. Além disso, no último ranking dos 500 supercomputadores mais rápidos, a velocidade média nessas máquinas movidas a Linux é de surpreendentes 1,14 petaflops.

Os supercomputadores mais rápidos do mundo

As máquinas mais rápidas não mudaram desde a lista dos 500 melhores computadores de junho de 2019. Liderando o caminho está o sistema Summit do Laboratório Nacional de Oak Ridge (EUA), que detém as principais honras com um resultado de 148,6 petaflops. Este é um supercomputador construído pela IBM usando CPUs Power9 e GPUs NVIDIA Tesla V100.

Em um segundo lugar bastante distante, há outra máquina da IBM: o sistema Sierra do Lawrence Livermore National Laboratory. Ele usa os mesmos chips, mas atinge “apenas” uma velocidade de 94,6 petaflops.

Logo atrás, em terceiro lugar, está o supercomputador Sunway TaihuLight, com uma marca de 93 petaflops. O TaihuLight foi desenvolvido pelo Centro Nacional de Pesquisa da China em Engenharia e Tecnologia de Computadores Paralelos (NRCPC, sigla em inglês) e está instalado no Centro Nacional de Supercomputação em Wuxi. É alimentado exclusivamente pelos processadores SW26010 da Sunway.

O Sunway é seguido pelo Tianhe-2A (Milky Way-2A). Este é um sistema desenvolvido pela Universidade Nacional de Tecnologia de Defesa da China (NUDT, sigla em inglês). Ele foi implantado no Centro Nacional de Supercomputadores da China. Alimentado por CPUs Intel Xeon e aceleradores Matrix-2000, possui uma velocidade máxima de 61,4 petaflops.

Em 5º lugar está o Frontera, um sistema Dell C6420 construído pela Dell, que é alimentado por processadores Intel Xeon Platinum. Tem um velocidade de 23,5 petaflops. Ele está no Texas Advanced Computing Center da Universidade do Texas.

Os supercomputadores mais rápidos do mundo atingem velocidades mais altas do que nunca com o Linux
Os 500 supercomputadores mais rápidos do mundo têm uma coisa em comum: todos eles rodam Linux.

Mais supercomputadores surgindo

O novo supercomputador mais poderoso da lista é o AiMOS do Instituto Politécnico Rensselaer para Inovações Computacionais (CCI, sigla em inglês). Ele está na 25ª posição na lista com 8 petaflops. O sistema foi construído pela IBM, como o Summit e o Sierra, e é alimentado por CPUs Power9 e GPUs NVIDIA V100.

A China continua a desenvolver máquinas cada vez mais rápidas. Agora, ela possui quase metade (227) dos supercomputadores mais rápidos do mundo. Porém, os sistemas americanos são, em média, significativamente maiores e mais rápidos. Portanto, em termos de desempenho agregado, os supercomputadores dos EUA ainda têm uma participação de 37,8% na lista. A China está logo atrás com uma participação de 31,9% no desempenho. A lista de junho de 2019 teve os EUA com 38,4% no desempenho agregado da lista e a China com 29,9%.

Embora os chips rápidos sejam vitais para os computadores mais rápidos, não se trata apenas dos processadores. Para que as CPUs ofereçam alto desempenho, elas precisam de dados o mais rápido possível. Embora a Ethernet seja usada em 52% (258) dos 500 principais sistemas, ultimamente, esses dados são entregues cada vez mais frequentemente pelo HDR InfiniBand da Mellanox Technologies. Cento e quarenta e um dos 500 melhores supercomputadores agora usam o HDR InfiniBand, incluindo dois dos cinco primeiros.

Além disso, independentemente do hardware, todos os 500 supercomputadores mais rápidos do mundo têm uma coisa em comum: todos eles rodam Linux.

Neste artigo, você viu que os supercomputadores mais rápidos do mundo atingiram velocidades mais altas do que nunca com o Linux.

Fonte: ZDNET

Leia também:

Em entrevista, Linus Torvalds conta o segredo do sucesso a longo prazo do Linux!

Escrito por Leonardo Santana

Profissional da área de manutenção e redes, astrônomo amador, eletrotécnico e apaixonado por TI desde o século passado.

Irã interrompe o acesso à internet dos seus cidadãos após protestos

Irã interrompe o acesso à internet dos seus cidadãos após protestos

projectlibre-como-usar-instalar-ubuntu-fedora-debian-centos-linux-mint

ProjectLibre: saiba como usar e instalar no Ubuntu, Fedora, Linux Mint, Red Hat e derivados!