in

Projeto cancelado do Windows Core OS vazou online

Desde 2018, empresa estaria trabalhando em uma nova versão do sistema para computadores e dispositivos móveis.

Projeto cancelado do Windows Core OS vazou online

Em 2018, foi relatado que a Microsoft está construindo uma versão mais moderna do Windows 10 para PCs, com o codinome Polaris. Isso estaria sob o guarda-chuva do Windows Core OS, que também incluía o Andromeda como o sistema operacional para dispositivos móveis dobráveisHavia rumores de que esse tipo de sistema operacional tiraria muito do código nativo e dos problemas de compatibilidade que ocorrem com o sistema operacional atualmente. Porém, a Microsoft cancelou Polaris e Andromeda em 2018. Assim, escolheu o Windows 10X como seu substituto. No entanto, uma compilação do primeiro vazou on-line, na verdade, uma versão cancelada mantida pelo projeto Windows Core OS.

Projeto cancelado do Windows Core OS vazou online

Projeto cancelado do Windows Core OS vazou online

 

De acordo com sites especializados, uma versão antiga do Polaris – o sabor modular para PCs tradicionais – vazou online, mas, infelizmente, não há muito para se animar. O vazamento é uma versão anterior de 2018 e não contém shell ou aplicativos. Isso significa essencialmente que ele também não tem interface gráfica do usuário e é apenas o pacote do sistema operacional vazio.

Embora não haja muito que possa ser alterado na construção, há detalhes que podem chamar a atenção. Esta seria, assim, uma construção RS3 RTM e é compatível com a arquitetura ARM32. Isso significa que ele pode ser funcionar no antigo Surface RT .

Por outro lado, o Polaris deveria ser uma versão modular do Windows, oferecendo melhor flexibilidade, gerenciamento de energia e desempenho. No entanto, é importante enfatizar que o sistema operacional não está mais em desenvolvimento. Ele foi completamente substituído pelo Windows 10X, que deve chegar ainda no começo deste ano.No mais, fica, da mesma forma, o alerta de que esta é uma versão do software que vazou. Sendo assim, pode conter problemas não divulgados. Portanto, é totalmente desaconselhado tentar fazer uma instalação em sua máquina principal.

Fonte: Windows Central