in

Python é a verdadeira linguagem de programação da ciência de dados

Linguagem Python consolida liderança

Python e R estão entre as habilidades mais freqüentemente mencionadas em postagens de emprego para cargos de ciência de dados. Porém, os relatórios sobre qual linguagem de programação é usada na maioria das vezes no trabalho para esses profissionais são conflitantes. É o que mostra um relatório da Cloud Academy.

Números se contradizem

TIOBE Programming Community Index mostra R como sendo uma tendência de queda este ano em termos de solicitações de mecanismos de busca. No entanto, uma pesquisa da Kaggle com 16.000 profissionais de dados descobriu que, embora o Python fosse a linguagem de programação mais popular em geral, estatísticos e cientistas de dados eram mais propensos a relatar que usavam R no trabalho. Entre os cientistas de dados, 87% relataram o uso do Python. Da mesma forma, 71% relataram o uso do R no trabalho, segundo o relatório.

A Cloud Academy analisou as descrições de trabalho dos engenheiros de dados para ver quais tecnologias as empresas estavam procurando com mais frequência. Houve significativamente menos demanda por engenheiros de dados proficientes em R em comparação com aqueles proficientes em Python. Quase 66% dos anúncios de emprego de engenheiro de dados mencionaram Python. Então, em comparação apenas 18% das postagens que mencionaram R.

Do mesmo modo, outras habilidades em demanda para engenheiros de dados incluem: SQL, Spark, Hadoop, Java, Amazon Web Services (AWS), Scala e Kafka.

Fonte

Escrito por Claylson

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Papel de parede diferente em cada área de trabalho no XFCE e Compiz

Servidor X.Org continua sem muitas novidades

Servidor X.Org continua sem muitas novidades