in

Recurso de guias verticais do Edge chega ao canal Dev

Os usuários podem reordenar e gerenciar várias guias de uma vez e fixar guias favoritas.

As guias verticais finalmente chegaram ao canal Microsoft Edge Dev. As guias verticais têm o objetivo de ajudar os usuários a ver e gerenciar várias guias abertas com mais facilidade.

Para experimentar o recurso, os testadores precisam apenas clicar no ícone das guias verticais, que está no canto superior esquerdo do navegador. Para voltar às guias horizontais, os usuários podem apenas clicar no ícone das guias verticais novamente. Os testadores podem reordenar e gerenciar várias guias de uma vez e fixar guias favoritas.

Recurso de guias verticais do Edge chega ao canal Dev

O canal Edge Dev obtém novas compilações de teste semanalmente. A Microsoft ainda não disse quando as guias verticais devem chegar ao canal Stable; mas, no final deste ano ou no início do próximo, o recurso deve estar ativo.

Recurso de guias verticais do Edge chega ao canal Dev
As guias verticais têm o objetivo de ajudar os usuários a ver e gerenciar várias guias abertas com mais facilidade.

Além disso, a Microsoft anunciou o recurso Sleeping Tabs para Edge em setembro, que visa reduzir o uso de CPU e memória. Esta semana, funcionários compartilharam informações sobre um recurso de Boost de inicialização que ajudará o navegador a iniciar mais rapidamente (será um recurso opcional no Edge versão 88).

A Microsoft começou a agrupar o novo navegador Edge com o Windows 10 com a atualização 20H2 lançada recentemente.

Por fim, caso queira ler mais matérias sobre código aberto, Linux, Android, hardware, internet, programação e ficar atualizado com as novidades do mundo da tecnologia, acompanhe as matérias no canal do Sempre Update no Telegram.

Fonte: ZDNET

Microsoft Edge para Linux já está disponível para download

Microsoft Edge 86 já está disponível para download

Microsoft Edge aumenta a participação de mercado

Microsoft anuncia recurso de captura da web para o navegador Edge

Edge para Linux chegará sem funções que possui no Windows e no macOS