in

Redditor usa disquete para rodar kernel Linux 5.8 em um processador Intel de 32 anos

Definitivamente, os disquetes não morreram.

Redditor usa disquete para rodar kernel Linux 5.8 em um processador Intel de 32 anos

Todo mundo (mais velho, claro) já teve um computador que rodava disquete. Hoje, apesar de presente no kernel Linux, o disquete está praticamente morto. Poucos ou nenhum computador tem sequer entrada para o dispositivo. A maioria das pessoas agora usa pen drives ou DVDs para instalar as distribuições Linux em seus PCs. No entanto, os entusiastas do retrô adoram reviver seu hardware antigo em um grande flashback. E foi este o caso de um redditor que usa disquete para rodar kernel Linux 5.8 em um processador Intel de 32 anos.

Recentemente, um Redditor com o nome ‘FozzTexx‘  demonstrou o mais recente e estável Linux Kernel 5.8.0-rc2 executando em seu disquete. Ele inicializou com êxito um pequeno kernel em uma CPU Intel 80486 (i486 ou 486) de 30 bits de 32 anos. Agora, se você acha que o kernel Linux abandonou o suporte a algo mais antigo que o i686, isso pode provar que você está errado. Você sabe que liberdade, personalização e suporte para hardware herdado são as características do Linux.

Por falar em inicializar o sistema operacional, se você tem 90 anos (oi ???), pode se lembrar de instalar o Linux com disquetes de inicialização ou CDs de instalação oferecidos pelas distribuições do Linux. Atualmente, quem ainda faz isso? Afinal, é muito fácil baixar uma ISO de sites oficiais e nstalar, criando uma USB ou DVD inicializável.

Redditor usa disquete para rodar kernel Linux 5.8 em um processador Intel de 32 anos

Caso você ainda esteja se perguntando sobre como inicializar o Linux a partir de um disquete, o usuário FozzTexx explica. Este entusiasta do retrô fez isso usando um único disquete de 1,44 MB em sua CPU i486. Ele puxou o novo Kernel 5.8.0-rc2 + do repositório git e encolheu-o para caber em um disquete usando make tinyconfig. Em seguida, ele inicializou no 486 em um shell do busybox usando rootfs.cpio.gz do Aboriginal Linux.

Redditor usa disquete para rodar kernel Linux 5.8 em um processador Intel de 32 anos
Inicializando o Linux a partir de disquete de 1,44 MB

O minúsculo kernel certamente perde o suporte de rede ou qualquer outro suporte funcional. Embora possa parecer inútil, o Redditor também adicionou opções como suporte a IDE. Surpreendentemente, quando ele conectou um disco rígido e inicializou no shell, ele pôde ver o disco como conectado e com sua capacidade total. Você pode ver o resultado na figura abaixo.

Redditor usa disquete para rodar kernel Linux 5.8 em um processador Intel de 32 anos
Disco rígido conectado à CPU 486

Você também pode ler o tópico  do Twitter que  descreve como ele começou a carregar o kernel 5.8 em um 486 a partir do disquete. Se você também possui um sistema 486 e deseja carregar o Linux, pode seguir o tutorial que ele colocará em seu blog em breve.

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.