in

Repositórios privados do GitHub serão gratuitos

Repositórios privados do GitHub serão gratuitos

Quem tiver um plano gratuito do GitHub terá acesso ilimitado a repositórios privados. O anúncio foi feito pela Microsoft, que adquiriu o GitHub no ano passado por US$ 7,5 bilhões. A medida, que atenderá desenvolvedores e equipes menores, poderia ajudar a Microsoft a enfrentar o GitLab e o BitBucket. Assim, os repositórios privados do GitHub serão gratuitos.

Conforme a mensagem acima, a informação foi confirmada. 

Hoje estamos anunciando duas grandes atualizações para tornar o GitHub mais acessível aos desenvolvedores: repositórios privados gratuitos ilimitados e uma oferta corporativa unificada e mais simples. Estamos empolgados com essas atualizações para nossas ofertas gratuitas e corporativas.

Prossegue o blog do GitHub:

  • O GitHub Free agora inclui repositórios privados ilimitados. Pela primeira vez, os desenvolvedores podem usar o GitHub para seus projetos privados com até três colaboradores por repositório gratuitamente. Muitos desenvolvedores querem usar repositórios privados para se candidatar a um emprego, trabalhar em um projeto paralelo ou experimentar algo em particular antes de publicá-lo publicamente. A partir de hoje, esses cenários, e muitos mais, são possíveis no GitHub sem nenhum custo. Os repositórios públicos ainda são gratuitos (claro, sem alterações) e incluem colaboradores ilimitados.

 

  • O GitHub Enterprise é o novo produto unificado para Enterprise Cloud (antigo GitHub Business Cloud) e Enterprise Server (antigo GitHub Enterprise). As organizações que desejam a flexibilidade de usar o GitHub em uma configuração de nuvem ou de auto-hospedagem agora podem acessar ambas por um preço por assento. E com o GitHub Connect, esses produtos podem ser vinculados com segurança, oferecendo uma opção híbrida para que os desenvolvedores possam trabalhar sem problemas em ambos os ambientes.
Para saber mais sobre o assunto clique no botão abaixo:

GitHub

O GitHub Pro (antigo GitHub Developer) e o GitHub Team também estão disponíveis para desenvolvedores e equipes que precisam de recursos profissionais de codificação e colaboração. E, claro, os colaboradores de código aberto ainda terão tudo o que precisam para utilizar repositórios públicos, incluindo nossa versão gratuita da Equipe do GitHub.

Seja você é um estudante prestes a escrever sua primeira linha de código, um líder corporativo com equipes em todo o mundo ou um mantenedor de código aberto, queremos que o GitHub seja o melhor lugar para você codificar, colaborar e se conectar com a comunidade global de desenvolvedores. As mudanças de hoje são um grande investimento no futuro do GitHub e estamos ansiosos para ver o que você vai construir em 2019, afirma o blog.

Mudança de estratégia

Até então, a Microsoft manteve a estratégia anterior do GitHub. Assim, a empresa limitava a capacidade de criar repositórios privados que não são visíveis para o público. Esses repositórios eram compartilhados de forma privada com clientes pagantes.

Igualmente, de acordo com o site TheNextWeb a Microsoft planeja limitar os repositórios privados em contas gratuitas para três colaboradores. Portanto, a medida será mais para pequenos desenvolvedores e equipes.

Atualmente, o GitHub cobra US$ 7 por usuário por mês para desenvolvedores e US$ 9 por usuário por mês. Os planos da equipe incluem suporte para repositórios privados ilimitados. Então, os desenvolvedores que não precisam de repositórios privados ilimitados podem se inscrever em um dos planos gratuitos da empresa.

Em junho, durante um Reddit AMA, o novo chefe do GitHub, Nat Friedman, foi questionado se a Microsoft planejava disponibilizar repositórios privados. Friedman disse na época:

É muito cedo para eu saber a resposta para isso. Queremos que o GitHub seja acessível a todos no mundo e que todos tenham a oportunidade de serem desenvolvedores.

Do mesmo modo, o GitHub também planeja nivelar os preços do Business Cloud e Enterprise em um único nível chamado GitHub Enterprise. Esta oferta é destinada a empresas maiores que desejam hospedar o GitHub em sua própria infraestrutura. Elas poderão, ainda, usar como um serviço de nuvem.

Kathy Simpson, gerente sênior de produtos do GitHub deu outros esclarecimentos: 

Não há qualquer proibição de usar o plano gratuito para desenvolver um produto comercial. O ajuste certo depende das necessidades de empresas específicas, pois as funcionalidades do GitHub Pro, do GitHub Team e do GitHub Enterprise suportam ferramentas avançadas de colaboração e gerenciamento.

Se você está trabalhando em um projeto que gostaria de manter em sigilo, queremos possibilitar que você faça exatamente isso . E, muitas vezes, os desenvolvedores estão colaborando em projetos em conjunto com amigos ou colegas. Portanto, queremos possibilitar que eles continuem trabalhando juntos, independentemente de onde estejam no projeto. Se o projeto deles crescer, queremos que o GitHub cresça junto com eles, alertou Kathy.

Escrito por Claylson

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

KDE Plasma 5.15.3 tem melhorias no flatpak

Lançado KDE Plasma 5.14.5

Ubuntu Touch OTA-7 tem aprimoramentos no teclado e correções do navegador

Ubuntu Touch OTA-7 tem aprimoramentos no teclado e correções do navegador