review-do-notebook-dell-inspiron-5567-com-ubuntu-16-04-3-lts-2018-c

O notebook Dell Inspiron 5567 é sem dúvida uma boa compra, mas resolvemos fazer este review afim de detalhar melhor os recursos e os pontos positivos e negativos. Muita gente tem comprado o Dell Inspiron 5567, em especial em épocas do ano em que o desconto no preço do equipamento chama a atenção do público.

Características do Inspiron 15 5000 Cores (5567) com Ubuntu 16.04 LTS

Confira abaixo, o que você adquire quando compra este computador através do site da própria Dell ou nos telefones comerciais da empresa. No site ou no atendimento você pode obter maiores informações informando o modelo Inspiron 15 5000 Cores (5567), ou simplesmente Dell 5567.

Este notebook do review não foi adquirido em lojas parceiras ou de terceiros, foi adquirido junto a Dell através do site da própria empresa e com a ajuda de um consultor.

O que vem no Inspiron 15 5000 Cores (5567) ?

 

  • 7ª geração do Processador Intel® Core™ i7-7500U (2 núcleos, 2.7 GHz expansível até 3.5 GHz, Cache de 4 M)
  • Ubuntu Linux
  • 8GB, DDR4, 2400MHz (Velocidade máxima de 2133MHz devido ao barramento do processador)
  • Disco rígido SATA de 1 TB (5400 RPM)
  • Placa de vídeo dedicada AMD Radeon™ R7 M445 4GB GDDR5
  • Tela LED HD (1366 x 768) de 15.6 polegadas com Truelife
  • Teclado alfa-numérico – em Português (Brasil) (padrão ABNT2)
  • Placa de rede Dell Wireless™ 1707 802.11 b/g/n + Bluetooth 4.0 (2.4 GHz, 1×1)
  • Bateria de 3 células e 42 Wh (integrada)
  • McAfee® Multi Device E-Card – 15 meses de assinatura
  • GAMORA15KBL1801_2396_BRZ_R/BTO
  • Inspiron 15 Série 5000 (5567)
  • Dell Wireless 1707 802.11BGN + Bluetooth 4.0, 2.4 GHz, 1X1
  • Leitor e Gravador de DVD/CD
  • Adaptador CA de 65 Watts

Com exatamente essas especificações, o valor do computador varia entre R$ 3.000,00 até R$ 3.899,00, existem variações do mesmo modelo que podem sair mais barato, geralmente sem a placa de dedicada e com um pouco menos de memória, o valor cai em torno de R$ 400,00.

Review Inspiron 15 5000 Cores (5567)

A primeira coisa que avaliamos é o material da carcaça do computador, este modelo já entra na era dos modelos da Dell com cantos arredondados, a cor escolhida foi o cinza mate, mas você pode escolher também o branco, vermelho ou este cinza, que é um tom mais escuro do que o cinza tradicional, exatamente conforme a imagem abaixo.

review-do-notebook-dell-inspiron-5567-com-ubuntu-16-04-3-lts

Observando a imagem, você terá uma tela com cores bem viva, com ótima qualidade e quase sem reflexo, pois é, eu disse quase. O Notebook não é tão pesado, mas pode requerer de você uma nova bolsa para Notebook, e aí meu amigo, tem que comprar mesmo, a sua pequena tela é de apenas 15.6 polegadas, eu mesmo tive que comprar uma nova bolsa para que ele coubesse dentro.

Dimensões e peso

1. Altura: 2,3 cm (0,92″) | 2. Largura: 39 cm (15,35“) | 3. Profundidade: 25,9 cm (10,20″) | Peso: 2kg (5 lb)

review-do-notebook-dell-inspiron-5567-com-ubuntu-16-04-3-lts-2018

Portas e slots

review-do-notebook-dell-inspiron-5567-com-ubuntu-16-04-3-lts-2018-a

1. Slot de placa SD
2. Porta USB 2.0
3. Drive óptico de DVD
4. Trava Nobel
5. Energia CA
6. RJ 10/100 Ethernet
7. HDMI
8. Porta USB 3.0 (x2)
9. Entrada combinada (headset/microfone)?

Outras características do notebook Inspiron 15 5000 Cores (5567)

Aqueça os motores: Segundo a Dell, este modelo vai funcionar em ambientes com até 65° C/149° F.

Dobradiças robustas: A Dell garante que o modelo possui dobradiças duráveis e que vão permanecer firmes mesmo depois de abrir e fechar a tampa 20.000 vezes.

Teclas resistentes: Foi realizado testes, onde as teclas mais usadas foram pressionadas 10 milhões de vezes e os botões do touch pad pressionando 1 milhão de vezes. Eles não apresentaram falhas.

Botões duráveis: Os botões de energia e multimídia também foram testados para que aguentem até 40.000 toques.

Torce-retorce: Pode parecer exagero, mas Dell fez testes na base e a tampa do notebook Inspiron foi submetido ao movimento de torção mais de 25.000 vezes, e os componentes internos não sofreram nenhum dano.

Considerações finais sobre o Inspiron 15 5000 Cores (5567)

O computador virá totalmente configurado para uso com o Ubuntu 16.04 LTS, as teclas multimídias virão configuradas adequadamente e tudo estará funcional, com exceção da placa de vídeo AMD Radeon R7 M445, que pode precisar dos drivers da AMD, mesmo assim, em nossos testes a placa AMD não teve um desempenho considerável e comparado ao mesmo funcionamento no Windows.

Fizemos o questionamento a Canonical, e ainda não foi respondido formalmente, recebemos uma resposta apenas parcial e informal, mas estamos no aguardo da resposta, onde a pergunta pode ser visualizada através do link abaixo.

Pergunta – Ubuntu Certification

No entanto, fui informado que o Notebook Inspiron 15 5000 Cores (5567) foi testado com os requisitos mais básicos, e sem a placa da AMD, seguem os dois links que comprovam o funcionamento deste notebook, no entanto, sem a famosa placa AMD Radeon R7.

Certificação Ubuntu – Inspiron 15 5000 Cores (5567) Certificação Ubuntu – Inspiron 15 5000 Cores (5567)

a-importancia-da-internet-como-ferramenta-de-aprendizagem-2018-b

Note que Dell e Canonical são parceira, a cada máquina Dell onde o Ubuntu é instalado, a empresa recebe R$ 7,75 e também um outro serviço na descrição da nota chamado de Ubuntu System Driver que foi cobrado em R$ 78,37.

Ao tentar instalar o driver AMD, o login entrou em loop, foram feitas várias tentativas com alguns comandos que encontrei nos fóruns do Ubuntu, que remove o Xauthority, mas não resolveu o problema e tive que restaurar o sistema porque fiquei sem paciência de gastar mais de 1 hora do meu tempo nisso. O sistema foi devidamente atualizado para sua última versão, que no momento da escrita deste post é o Ubuntu 16.04.3 LTS, e o problema não foi resolvido.

Um Linux Kernel mais recente também foi instalado, mesmo assim, o problema não foi corrigido. Você pode usar os drivers de código aberto, fornecido via PPA, mas no momento, o driver proprietário criado pela AMD não fará a placa funcionar no Ubuntu.

Suporte Dell

O suporte Dell como todos sabem é composto por especialistas Microsoft, passei 3 dias tentando resolver o problema ligando para o suporte, porque a placa de vídeo AMD Radeon R7 inicialmente não apareceria no meu computador, a ideia era apenas descobrir se houve uma falha na montagem, dano a placa ou ausência de drivers. Nos vários contatos com o suporte, a ligação caia sempre que eu explicava o problema, inclusive fui orientado pelo suporte a instalar o Steam da Valve para tentar ver se a placa aparecia por lá, um verdadeiro quebra galho e que não ajudou em nada, pois a única placa que apareceu foi a Intel.

Claro, antes do contato com o suporte, eu já havia executado alguns comandos para tentar identificar a placa, mas sem sucesso. Como também instalei algumas aplicações como I-nex, Hardinfo e CPU-G, mesmo assim nada da placa AMD aparecer.

Depois de muito desgaste e ameaça de desistência do produto, recebi um contato do pós venda e que conseguiu fazer uma conferência com alguém que atendia clientes com máquina embarcada com Linux, fizemos alguns procedimentos, executamos alguns comandos e conseguimos finalmente identificar placa.

É importante dizer que o suporte do primeiro nível, iria me cobrar um pouco mais de R$ 200,00 para receber essa ajuda, que seria apenas para tentar identificar a placa que veio. Resolvi adquirir no ato da compra, o suporte em residência, mas pelo visto não vai funcionar para o sistema, apenas para o hardware. Além disso, o acesos remoto para o Ubuntu não é realizado, pois o software Dell que faz isso esta disponível apenas para o Windows.

Então, se você for um usuário iniciante compre o Dell Inspiron 5567 com placa de vídeo Intel, além do valor ser menor você terá menos dor de cabeça e desgaste. Caso seja game ou precise processamento, adquira o computador com outra placa, quem sabe Nvidia, mas não há garantia de funcionamento.

E você tem tido êxito em resolver problemas do Ubuntu junto a Dell?

A importância da internet como ferramenta de aprendizagem

Previous article

Como instalar o Tlog, uma ferramenta que grava tudo o que acontece no terminal Linux

Next article

You may also like

More in Artigo