como-saber-ubuntu-debian-fedora-opensuse-32-bit-ou-64-bit

Como você sabe, o Ubuntu descontinuou o suporte a 32 bits já no Ubuntu 17.10, e pensando nisso, o Phonorix fez uma avaliação de desempenho usando a Phoronix Test Suite 7.4.0 , que inclusive pode ser baixada e instalar por qualquer pessoa que queira fazer testes de benchmarking entre sistemas ou aplicações com muitos critérios. Bom, será que o Ubuntu 17.10 de 32 bits é mais rápido que o Ubuntu 17.10 de 64 bits? Ou será o contrário? Quer saber mais? Confira o review!

Este teste pode ser útil para quem tem um processador que suporta instruções de 64 bits, mas ainda executa o Ubuntu 32 bits, possa ser a que agora chegou o momento de atualizar. Vale lembrar que as versões anteriores ao Ubuntu 17.10 permanecem com o suporte a arquitetura de 32 bits até o fim do seu ciclo de vida.

As variantes do Ubuntu 17.10, como Lubuntu 17.10 e Xubuntu 17.10 vão permanecer fornecendo as ISO’s com arquitetura de 32 bits, geralmente as pessoas que procuram essas distribuições gostam de algo mais leve e que tenha um consumo baixo de processamento e memória RAM, estas também são usadas em computadores modestos com capacidade de processamento reduzida.

[better-reviews]

Nota: O teste foi feito com uma instalação limpa, ou seja, não é proveniente de uma atualização de uma versão mais antiga para o Ubuntu 17.10.
O teste foi feito com um Lenovo ThinkPad X1 Carbon com uma CPU Core i7 e gráficos integrados, memória 4GB e SSD de 120GB. Todos os testes foram executados através do Phoronix Test Suite.

Ao simular uma compilação a versão de 64 bits teve uma maior velocidade cerca de 307 MB/s. Já o 32 bits demorou mais para compilar, porque os dados foram transmitidos usando apenas 130 MB/s.

A mesa coisa ocorre aqui neste gráfico, o Ubuntu 32 bit acaba ficando para trás quando assunto é transferência de dados, isso também pode impactar quando o usuário for transferir dados para uma unidade externa como pendrive, HD Externos e outros dispositivos de armazenamento.

Digamos que você queira jogar, bom, o desempenho dele em uma resolução de 1920X1080 é muito semelhante, então, neste quesito, mesmo que o jogo será para 64 bits, não há alterações.

Agora veja, usando o GCC em especial o FFTW

Agora usando o HMMer Search na versão 2.3.2

John The Ripper v1.8.0 – Teste: Blowfish

Agora convertendo mídias, veja a diferença entre o Ubuntu 17.10 de 32 bits e Ubuntu 17.10 de 64 bits!

Convertendo WAV para FLAC

Usando o FFmpeg na versão 3.3.3 para converter de H.264 HD para NTSC DV.

Nos testes o OpenSSL na versão 1.0.1g também teve um desempenho superior ao 32 bits.

E o GIMP, será que tem diferença entre o Ubuntu 17.10 de 32 bits e o Ubuntu 17.10 de 64 bits?

Para redimensionar imagem, o GIMP se saiu melhor no Ubuntu 17.10 de 64 bits, o tempo foi bem menor para finalizar.

Aplicando efeitos, cores, recortando e outros itens que podem demorar um pouco mais para processar, o Ubuntu 17.10 de 64 bits também se saiu melhor.

Aplicando ou removendo máscaras, o Ubuntu 17.10 de 64 bits também se saiu melhor. Mas observe que os testes com o GIMP a diferença é pouca, no entanto, o desempenho é melhor no 64 bits.

Participe do PotiCon (Conferência Potiguar de Software Livre)

Previous article

Instalando OpenCV no Ubuntu e seus Derivados

Next article

You may also like

More in Notícias