in

Site de uma agência federal dos EUA foi violado por hackers iranianos

Isso ocorreu no sábado, após o assassinato de Qasem Soleimani.

Um grupo de hackers iranianos afirma ter violado o site de uma agência do governo dos EUA, a Federal Depository Library Program, jurando vingança pelo assassinato do comandante Qasem Soleimani.

O general Qassim Suleimani foi morto por um ataque aéreo de drones dos EUA no aeroporto de Bagdá, no Iraque, na última sexta-feira.

Site de agência foi violado por hackers iranianos

Os hackers desfiguraram o site da agência federal e substituíram a página inicial por uma página intitulada Hackers Iranianos!, que exibia imagens do líder supremo do Irã, o aiatolá Ali Khamenei e a bandeira iraniana.

Alem disso, um gráfico que mostrava o presidente dos EUA, Donald Trump, sendo socado por um braço com as insígnias da Guarda Revolucionária, dizia:

O martírio foi (de Soleimani)… recompensa por anos de esforços implacáveis.

Assim, com sua partida e com o poder de Deus, seu trabalho e caminho não cessarão. Além disso, uma vingança severa aguarda aqueles criminosos que mancharam suas mãos sujas com o seu sangue e o sangue dos outros mártires.

Ainda mais, isso é apenas uma pequena parte da capacidade cibernética do Irã.

Site de uma agência federal dos EUA foi violado por hackers iranianos
Imagem: Reprodução | Daily Mail.

A ordem para matar Soleimani foi emitida pelo presidente Trump, que disse que Soleimani estava planejando um ataque “iminente” contra o pessoal dos EUA em Bagdá.

Dessa maneira, nas últimas horas, vários sites foram desfigurados e exibiram mensagens de vingança contra os EUA.

Por fim, ontem, Christopher C. Krebs, diretor da Agência de Segurança Cibernética e Infraestrutura (CISA), alertou para uma nova onda de ataques cibernéticos executados por grupos de hackers ligados ao Irã visando ativos dos EUA.

Fonte: Security Affairs

Leia também:

Microsoft derrubou 50 domínios operados por hackers norte-coreanos

Várias vulnerabilidades do Chrome existentes no SQLite permitem que hackers executem código arbitrário remotamente

O que esperar dos hackers de carros em 2020 e além

Programa do FBI ajuda empresas a distrair hackers com ‘dados enganosos’

Escrito por Leonardo Santana

Profissional da área de manutenção e redes, astrônomo amador, eletrotécnico e apaixonado por TI desde o século passado.