in

SpaceX foi autorizada a configurar um milhão de terminais de usuários para sua internet via satélite

A licença é válida por 15 anos.

SpaceX foi autorizada a configurar um milhão de terminais de usuários para sua internet via satélite
Lançamento de um foguete Falcon 9. Imagem: SpaceX.

A SpaceX recebeu aprovação do governo americano para implantar até 1 milhão de terminais de usuários nos Estados Unidos para sua internet banda larga via satélite.

SpaceX vai configurar terminais para sua internet via satélite

De acordo com o site Ars Technica, a SpaceX solicitou a licença da Federal Communications Commission (FCC) em fevereiro de 2019. A FCC anunciou sua aprovação em um aviso público na semana passada.

A aprovação da FCC é para “uma licença geral para a operação de até 1.000.000 de estações terrestres fixas que se comunicarão com o sistema de satélites em órbita não geoestacionária da [SpaceX]”. Além disso, a licença é válida por 15 anos.

Como a solicitação da SpaceX dizia:

[As estações terrestres são] terminais de usuário [que] empregam tecnologias avançadas […] e processamento digital para fazer uso altamente eficiente dos recursos do espectro da banda Ku, suportando feixes de antena direcionados e altamente diretivos que rastreiam os satélites de órbita baixa do sistema.

SpaceX foi autorizada a configurar um milhão de terminais de usuários para sua internet via satélite
Uma visão dos primeiros 60 satélites Starlink da SpaceX em órbita, ainda em configuração empilhada, com a Terra como pano de fundo azul brilhante em 23 de maio de 2019. Imagem: SpaceX.

A SpaceX não está necessariamente buscando atrair grandes porções da população dos EUA. Elon Musk disse numa conferência que a rede Starlink atenderá os “3 a 4% de clientes mais difíceis de alcançar para as empresas de telecomunicações”. Ainda mais, a rede atenderá “as pessoas que simplesmente não têm conectividade no momento ou cuja conectividade é muito ruim”.

Além disso, a rede Starlink não terá muitos clientes em grandes cidades como Los Angeles. Isso ocorre “porque a largura de banda por célula simplesmente não é alta o suficiente”, disse ele.

Fonte: Fudzilla

Leia mais:

Elon Musk: os satélites de internet Starlink da SpaceX não terão impacto na astronomia

O serviço de internet via satélite da SpaceX será rápido o suficiente para jogos competitivos

Escrito por Leonardo Santana

Profissional da área de manutenção e redes, astrônomo amador, eletrotécnico e apaixonado por TI desde o século passado.

Android-x86 9.0-r2 lançado com kernel atualizado e correção de inicialização UEFI

Android-x86 9.0-r2 lançado com kernel atualizado e correção de inicialização UEFI

Cloudflare melhora desempenho da criptografia de disco do Linux

Cloudflare melhora desempenho da criptografia de disco do Linux