in

Stadia do Google analisará os limites de dados dos clientes

Análise parte de pesquisa om usuários que podem enfrentar problemas de conexão.

Stadia do Google analisará os limites de dados dos clientes

O Stadia do Google analisará os limites de dados dos clientes. Isso após uma nova pesquisa sugerir que o Stadia do Google pode se deparar com limites de dados dos jogadores. Isso significa que um grande contingente de clientes em potencial não poderá usar os recursos da plataforma. Isso pode conter algumas afirmações ousadas feitas recentemente pelo Google sobre o que o serviço é capaz.

Stadia do Google analisará os limites de dados dos clientes após pesquisa

Stadia do Google analisará os limites de dados dos clientes

A pesquisa é da BroadbandNow e abrange respostas de 943 participantes. Suas informações sugerem que quase seis milhões de jogadores (dos 34 milhões estimados para jogar pelo menos 22 horas por semana) iriam rapidamente consumir seus limites de dados se quisessem mudar para o Google Stadia como seu dispositivo principal.

Dados estimam que o Stadia exija até 15,75 GB de dados para cada hora de streaming em 4K.

Esta pesquisa está na esteira da última grande reivindicação do Google sobre a Stadia. Em uma entrevista recente à Edge Magazine (você pode ler os detalhes no PCGamesN), o vice-presidente de engenharia da Stadia, Majd Bakar, disse que a tecnologia da plataforma alcançará algo chamado “Latência Negativa”. Supostamente isso permitirá executar mais rápido que os consoles locais. Portanto, parece que o objetivo é reduzir a latência, prevendo o que o jogador provavelmente fará. O Stadia pré-renderizava certos quadros para dar conta das ações que o jogador poderia executar, mitigando o atraso inerente aos jogos on-line.

A culpa é do Google?

Obviamente, os limites de dados não são culpa do Google. Eles são um limite arbitrário estabelecido pelo provedor de serviços de Internet (ISP). Contudo, isso ainda significa que muitas pessoas não seriam capazes de tirar proveito de alguns dos recursos mais elogiados do Stadia, a menos que queiram pagar a mais. Os funcionários do Google tentaram convencer os provedores de serviços de Internet a aumentar o limite de dados em resposta ao Stadia – disse o vice-presidente Phil Harrison em entrevista à Gamespot:

Os ISPs têm uma forte história de permanecer à frente da tendência do consumido … quando o streaming e o download de músicas se tornaram populares, especialmente nos primeiros dias em que não era necessariamente legítimo, os limites de dados aumentaram. Então, com a evolução da transmissão de TV e filmes, os limites de dados aumentaram, e esperamos que continue assim. Os  ISPs são inteligentes [e] entendem que estão no negócio de manter os clientes felizes e manter os clientes com eles por um longo tempo.

Serviço estreará em novembro

A pesquisa da BroadbandNow também mostra que um terço dos jogadores diários não tem certeza se eles têm um limite de dados ou não. Então, pelo menos alguns dos primeiros adotantes da Stadia tenham que descobrir da maneira mais difícil.

O Google tem discutido bastante sobre o que o Stadia é capaz. E isso faz sentido. Eles estão tentando vender um novo serviço que vai de encontro ao que os jogadores estão acostumados. Eles precisam falar sobre os recursos da Stadia, para fidelizar clientes à marca ou à plataforma.

Porém, esses clientes podem não ficar com o serviço se analisarem seus limites de dados na primeira semana de sua assinatura. O Stadia será lançado em novembro.

Fonte: The Next Web

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

instalar-o-scummvm-no-ubuntu-fedora-debian-centos-e-opensuse

Como instalar o ScummVM no Ubuntu, Fedora, Debian, CentOS e openSUSE!

IBM anuncia vencedor do prêmio Call For Code 2019

IBM anuncia vencedor do prêmio Call For Code 2019