in

Twitter quer facilitar a verificação dos especialistas em saúde para combater a desinformação relacionada ao coronavírus

A empresa está atualmente trabalhando com organizações parceiras como a Organização Mundial da Saúde para identificar contas que devem ser verificadas.

Twitter quer facilitar a verificação dos especialistas em saúde para combater a desinformação relacionada ao coronavírus
Um porta-voz do Twitter disse que a empresa está atualmente trabalhando com organizações parceiras como a Organização Mundial da Saúde para identificar contas que devem ser verificadas.

O Twitter quer facilitar a verificação dos especialistas em saúde. Portanto, a empresa está adotando novas medidas para abrir seu programa de verificação, a fim de ajudar a elevar as contas que “fornecem atualizações confiáveis em torno do #COVID19”.

A empresa twittou:

Estamos trabalhando com autoridades globais de saúde pública para identificar especialistas e já verificamos centenas de contas.

Essa atualização ocorre quando o Twitter adota medidas mais agressivas para combater uma onda de fraudes e desinformações. Estas ações se espalharam nas mídias sociais após a pandemia de coronavírus. Dessa forma, a empresa anunciou anteriormente que proibiria os tweets que espalham curas falsas ou outras informações pseudocientíficas imprecisas.

Twitter quer facilitar a verificação dos especialistas em saúde para combater a desinformação relacionada ao coronavírus
Imagem: Omar Marques | SOPA Images | LightRocket | Getty Images.

Twitter quer facilitar a verificação dos especialistas em saúde

Agora, esse esforço também está se estendendo ao seu programa de verificação. Todavia, este é um tópico frequentemente problemático para a empresa, que tende a evitar discutir publicamente esse assunto. Em uma série de tweets, a empresa afirmou ter verificado “centenas” de contas. Além disso, ela explicou as etapas que acadêmicos e outros que trabalham para organizações de saúde pública ou instituições acadêmicas podem adotar para garantir que suas contas sejam verificadas.

A empresa escreveu:

Estamos priorizando as contas […] que possuem um endereço de e-mail associado a uma organização ou instituição autorizada.

Um porta-voz do Twitter disse que a empresa está atualmente trabalhando com organizações parceiras como a Organização Mundial da Saúde para identificar contas que devem ser verificadas.

Além disso, a empresa “provavelmente” abrirá um formulário público que permitirá que especialistas em saúde solicitem diretamente a verificação do Twitter, de acordo com Kayvon Beykpour, líder de produto do Twitter. Ele disse:

Em breve, provavelmente compartilharemos um link para um formulário de admissão para que os especialistas também solicitem a verificação.

Por fim, embora as medidas mais recentes sejam aplicadas apenas a especialistas em saúde que compartilham informações sobre o coronavírus, este fato pelo menos mostra que o Twitter está disposto a receber informações públicas sobre a verificação em algumas circunstâncias.

Fonte: Engadget

Escrito por Leonardo Santana

Profissional da área de manutenção e redes, astrônomo amador, eletrotécnico e apaixonado por TI desde o século passado.

Estudo conclui que usar o Android Auto pode prejudicar a condução mais do que álcool e maconha

Estudo conclui que usar o Android Auto pode prejudicar a condução mais do que álcool e maconha

Conheça o projeto Open Compute

Conheça Open Compute Project