in

Twitter também planeja comprar TikTok

No entanto, o Twitter teria que tomar um grande empréstimo para o negócio.

Twitter testa traduções automáticas no Brasil
Alguns usuários do Twitter no Brasil podem estar vendo uma linha do tempo puramente em português, mesmo que estejam seguindo contas que tuitam em outros idiomas. Imagem: James Martin | CNET.

A disputa pela aquisição do aplicativo de vídeos curtos TikTok ganhou mais um concorrente de peso e o Twitter também planeja comprar o app. No entanto, para isso, teria de tomar um volumoso empréstimo e ainda enfrentar gigantes como a Microsoft, que teria oferecido cercade 30 bilhões de dólares pela ferramenta chinesa.

Assim, o caso do TikTok nos Estados Unidos se torna cada vez mais emocionante e imprevisível.  De acordo com uma reportagem  do Wall Street Journal, o Twitter manteve uma “conversa preliminar” com a TikTok para fundir seus negócios com o aplicativo chinês.

Uma das principais razões pelas quais o Twitter acredita ter vantagem sobre a Microsoft é o fato de ser comparativamente muito menor do que a empresa fabricante do Window.,Os investidores creem que isso ajudaria na hora de definir um posicionamento de órgãos reguladores contra a concentração de mídia nas mãos das gigantes.

Twitter também planeja comprar TikTok mas esbarra na falta de dinheiro

Twitter também planeja comprar TikTok
Imagem: Divulgação.

No entanto, o fato de o Twitter ser muito menor em valor comercial e econômico também pode significar que a empresa de mídia social pode ter que tomar grandes empréstimos para concretizar o negócio. O Twitter tem uma capitalização de mercado de US$ 29 bilhões. Já os negócios da TikTok nos Estados Unidos podem custar cerca de dezenas de bilhões e, portanto, as chances de um acordo são pequenas.

Do ponto de vista financeiro, o Twitter não está em condições de comprar um gigante como a TikTok. Isso porque a empresa liderada por Jack Dorsey sofreu um prejuízo de US$ 1,2 bilhão no último trimestre. Assim, uma fusão com a TikTok pode ser um assunto caro.

O interesse do Twitter no TikTok pode estar relacionado ao seu fracasso no nicho de aplicativos de vídeo curto. Em 2012, o gigante da mídia social adquiriu o Vine, um aplicativo de criação de vídeos curtos. Porém, não foi capaz de trazer nenhum sucesso para o aplicativo e, finalmente, fechou-o quatro anos depois.

O Twitter não é a única empresa que demonstrou interesse em comprar os negócios da TikTok nos Estados Unidos. Apple, Facebook, Google, Twitter e Microsoft estavam competindo para comprar o TikTok, mas apenas a Microsoft admitiu abertamente que ele é um comprador “potencial”.

Agora que o presidente Trump assinou a ordem executiva para a proibição do TikTok nos Estados Unidos após 45 dias, caso uma empresa americana não o compre, podemos esperar mais ofertas de outros compradores nos dias restantes, já que a empresa chinesa espera fechar o negócio em breve.