in

Ubuntu 19.04 tem calendário planejado e começa a especulação sobre novos recursos

Ubuntu 19.04

O Ubuntu 19.04 ‘Disco Dingo’ já esta no forno, e o calendário em torno do desenvolvimento já foi montado. A questão é que a cada lançamento todo mundo fica aguardando as novidades, e a gente já anda de olho no que se fala fora e dentro das comunidades. Mas primeiro, vamos para o calendário do Ubuntu 19.04 ‘Disco Dingo’.

Calendário do Ubuntu 19.04 ‘Disco Dingo’

Segundo a Wiki do Ubuntu, que inclusive foi atualizada exibem todas as datas, no entanto, vamos nos atentar a algumas que são bem importantes para quem já espera por novidades do Ubuntu 19.04 ‘Disco Dingo’.

As fases destacadas são as de congelamento, isso mesmo, o termo é aplicado quando a equipe de desenvolvimento se reúne, pensa no que vai fazer em cada lançamento, e quando batem o martelo as ideias e pacotes ficam congeladas e nada mais será adicionado ali.

Fases de congelamento do Ubuntu 19.04 ‘Disco Dingo’

O primeiro congelamento é o de recursos, e a data prevista é 21 de fevereiro de 2019, isso quer dizer que até essa data a comunidade de uma forma geral pode pedir recursos que considerem importante, mas para isso é preciso enviar as sugestões para a equipe, comentários no Facebook, Twitter ou em grupo no Telegram não contam, fique a tento a cada chamada de testes.

O segundo congelamento é o da interface do usuário, como o nome já sugere, são as ideias que vão ser aplicadas a interface, a parte visual do Ubuntu 19.04 ‘Disco Dingo’.

O terceiro congelamento, e não menos importante, é o do Linux Kernel, é nesta etapa que a equipe de desenvolvimento do Ubuntu 19.04 ‘Disco Dingo’ vai bater o martelo e escolher a versão do kernel que será utilizada no lançamento, e por ironia do destino, a data prevista para congelamento é o dia da mentira, ou seja, primeiro de abril.

Data de lançamentos do Ubuntu 19.04 ‘Disco Dingo’

E eis que surgem as datas de lançamento. Mais uma vez o Ubuntu 19.04 ‘Disco Dingo’ não terá versão alfa, no entanto, esta programado uma versão beta que deve ser lançada em 28 de março de 2019.

A data de lançamento da versão final do Ubuntu 19.04 ‘Disco Dingo’ deve seguir o calendário de todos os anos, sempre no mês de abril, a data foi fixada em 18 de abril de 2019.

Todas as datas podem sofrer alterações a qualquer momento!

O que esperar do Ubuntu 19.04 ‘Disco Dingo’

A cada lançamento mais expectativa, bom para começar o GNOME que possivelmente será usado é o GNOME 3.32 e será usado o Linux Kernel 5.0. Um dos recursos mais aguardados é a integração Android, que deverá usar o GSConnect que é uma implementação nativa de JavaScript do protocolo tão conhecido do KDE Connect.

Tudo indica que a Central de programas do Ubuntu 19.04 ‘Disco Dingo’ terá o modo revista, o modelo poderá lembrar a App Store presente nos dispositivos da Apple. E de aplicativos, existe a possibilidade de ter o Chromium já instalado e o cliente da Steam disponível no formato Snap.

Não acabou! Poderá ter também o GNOME Clocks, que é usado para saber a hora em qualquer lugar do mundo e de recursos, tudo indica que haverá uma opção para silenciar o som, o famoso mute, só que de uma forma mais elegante.

E para não dizer que não falei das flores! Haverá melhorias em torno do desempenho do ambiente, muita gente, mas muita mesmo, tem reclamado do consumo de memória RAM e de processamento do ambiente, e eles já estão trabalhando nisso para tentar amenizar o impacto que muita gente sentiu. E o foco também é deixar o GNOME Shell com uma capacidade de usabilidade maior quando executado em dispositivos móveis.

Muita coisa ainda será divulgada, e claro, a gente esta de olho, qualquer novidade sobre o Ubuntu 19.04 ‘Disco Dingo’ a gente volta publicar.

Escrito por Emanuel Negromonte

Fundador do SempreUPdate. Acredita no poder do trabalho colaborativo, no GNU/Linux, Software livre e código aberto. É possível tornar tudo mais simples quando trabalhamos juntos, e tudo mais difícil quando nos separamos.

Como configurar IP fixo no Ubuntu

KDE Frameworks 5.53 terá importante correção

KDE Frameworks 5.53 terá importante correção