No ano passado, a Microsoft surpreendeu o mundo ao anunciar que os desenvolvedores podem instalar o Bash no Windows 10. Isso foi feito com a ajuda do Windows Subsystem for Linux, que possibilita que programas do Linux rodem no Windows.
Para tornar isso possível, a Microsoft se associou à Canonical. Os usuários tiveram que ativar o modo de desenvolvedor em seus sistemas e, em seguida, fazer o download de binários do Ubuntu a partir dos servidores da Canonical. Na Build 2017, a Microsoft acaba de anunciar que vai facilitar todo o processo.
Para fazer isso, a Microsoft agora adicionou o Ubuntu na Windows Store. Sim, você leu certo. Ao trazer o Ubuntu para a Windows Store, a Microsoft está procurando simplificar a instalação de ferramentas Linux no Windows 10 e executar aplicativos Windows e Linux lado a lado.
A Microsoft também revelou que está se associando ao Fedora e SUSE para trazer suas distribuições Linux na Windows Store. Em breve, os desenvolvedores serão capazes de executar o Ubuntu, Fedora e openSUSE lado a lado no Windows 10.
Deve-se notar que Build é a conferência da Microsoft voltada para desenvolvedores. Então, faz todo o sentido a empresa anunciar mudanças como o Ubuntu na Windows Store para atrair desenvolvedores de código aberto e tornar as coisas interessantes para os desenvolvedores do Windows existentes.

Redação
Este usuário é utilizado quando um post é migrado de um usuário para outro, ou quando alguém envia um conteúdo ao SempreUPdate.

    Como instalar o Apache, MariaDB e PHP7 (LAMP Stack) no Ubuntu 16.04 LTS

    Previous article

    Como instalar o Silverlight no Ubuntu 16.04 LTS ou derivados!

    Next article

    You may also like

    More in Notícias