in

Zorin OS, Tails e Rosa lançam novas versões

O Tails promete reforçar a segurança e também o anonimato ao navegar. Já a distro Zorin OS vem com programas atualizados.

Zorin OS, Tails e Rosa lançam novas versões

A distribuição Tails, que permite navegar em anonimato é a principal novidade dos últimos dias em relação às distribuições Linux. O Zorin OS lançou uma versão beta para testes. O Zorin OS 15 chega com suporte Flatpak e baseada no Ubuntu 18.04.2 LTS. Além disso, possui o LibreOffice 6.2 e novo tema da área de trabalho. Já o Tails 3.13 adiciona segurança extra e atualizações mais recentes, com navegador Tor 8.0.7 e Tor 0.3.5.8. Outra distro a lançar uma versão foi a Rosa. Veja os detalhes neste post.

Zorin OS

A equipe de desenvolvimento por trás da distribuição Zorin OS GNU/Linux, baseada no Ubuntu e fácil de usar, anunciou que está trabalhando no próximo grande lançamento, o Zorin OS 15, que entrou nos testes beta.

Com base na série de sistemas operacionais Ubuntu 18.04 LTS (Bionic Beaver) de longo prazo , o Zorin OS 15 promete uma experiência de usuário renovada que foi remodelada para atender às necessidades de todos. Assim, a distro promete atender não somente quem está  migrando de um sistema operacional como o Microsoft Windows, mas também usuários avançados e usuários conhecedores de Linux.

Criar um sistema operacional de desktop Linux que seja projetado para todos – não apenas para engenheiros e usuários avançados – sempre foi a missão do Zorin OS, desde o primeiro lançamento há quase 10 anos. O Zorin OS 15 faz esse esforço de uma década e avança para o próximo nível, disse a equipe Zorin OS no anúncio.

Aqui está o que há de novo no Zorin OS 15

O Zorin OS 15 vem com um novo aplicativo Zorin Connect que permite conectar e interagir com seus dispositivos móveis Android para receber notificações no seu computador, navegar e compartilhar arquivos, receber e reproduzir mensagens SMS, bem como controlar a reprodução de mídia. O aplicativo Zorin Connect é baseado nos aplicativos GSConnect e KDE Connect de código aberto.

O Zorin OS 15 apresenta:

  • um ambiente de desktop GNOME 3.30 altamente personalizado com novíssimos temas de desktop em seis variantes de cores e modos claro e escuro;

  • modo Night Light;
  • uma nova opção de plano de fundo adaptável que muda ao longo do dia;
  • e uma nova interface de desktop adaptada para telas sensíveis ao toque.

Outras características

  • O Zorin OS 15 é alimentado pelo kernel Linux 4.18 do Ubuntu 18.04.2 LTS;
  • vem com o pacote de escritório do LibreOffice 6.2;

  • suporte para aplicativos e repositórios Flatpak;
  • Mozilla Firefox como navegador padrão;
  • uma nova fonte de sistema configurações de personalização;
  • suporte experimental Wayland;
  • detecção de rede;
  • suporte gráfico Nvidia pronto para uso e suporte a Thunderbolt 3.

O Zorin OS 15 Beta já está disponível para downloadse você quiser levá-lo para um test drive e dar feedback aos desenvolvedores. No entanto, temos que avisá-lo que esta é uma versão de pré-lançamento que não deve ser instalada em máquinas de produção, nem usada para qualquer trabalho.

Tails

Tails, baseado no sistema operacional Debian GNU/Linux, foi atualizado para a versão 3.13, uma versão que adiciona segurança extra e atualizações mais recentes.

Desenvolvido pelo kernel 4.19.28 do Linux, o sistema operacional Tails 3.13 agora está disponível com as mais recentes tecnologias TOR para ajudá-lo a permanecer oculto enquanto navega na Internet, incluindo o navegador anônimo Tor Browser 8.0.7 e o cliente e servidor Tor 0.3.5.8, a rede anônima Tor.

No entanto, provavelmente a adição mais importante na versão do Tails 3.13 é o microcódigo da Intel atualizado para a versão 3.20180807a.2. Ele adiciona uma medida de segurança extra contra mais variantes do bem conhecido Spectre, Meltdown e L1TF (falha de terminal de nível 1).

Além disso, o Tails 3.13:

  • atualiza o cliente de email e notícias do Mozilla Thunderbird para a versão 65.1.0;
  • adiciona suporte ao método de entrada Bopomofo e aprimora o suporte para o método de entrada Pinyin para usuários chineses;
  • implementa o backup automático da configuração do armazenamento persistente sempre que ocorrer uma mudança .

Correções de bugs, aviso sobre vulnerabilidade do Electrum

  • O Tails 3.13 também resolve vários bugs relatados por usuários de versões anteriores, incluindo problemas com a localização do Tor Launcher;
  • um problema de acessibilidade ao abrir o Tor Browser a partir de uma notificação de desktop;
  • bem como uma falha com o WhisperBack ao configurar repositórios APT adicionais;
  • um bug que impedia a ferramenta “Software Adicional” de baixar pacotes que já estavam disponíveis no armazenamento persistente também foi corrigido. No entanto, parece que o Tails 3.13 vem com uma versão Electrum que é vulnerável a ataques de phishing, pois versões mais recentes do Electrum ainda não estão disponíveis nos repositórios do Debian.

A versão do Electrum in Tails é vulnerável a um ataque de phishing que engana as pessoas na atualização para uma versão maliciosa do Electrum que não é distribuída a partir do site oficial da Electrum, diz o anúncio . Você está seguro, a menos que tente fazer a atualização maliciosa manualmente.

Você pode baixar o Tails 3.13 agora mesmo ou fazer upgrade de um release anterior como o Tails 3.11 ou 3.12 usando o gerenciador de pacotes integrado. Agora, o próximo lançamento será o Tails 3.14, que está programado para chegar em 14 de maio de 2019.

Rosa

Svetlana Savelyeva anunciou o lançamento do ROSA R11, uma nova versão estável do projeto que desenvolve um conjunto de distribuições orientadas a desktop (originalmente bifurcadas do Mandriva Linux).

A nova versão está disponível em quatro variantes com os desktops KDE 4, KDE Plasma, LXDE e Xfce. Algumas das melhorias nesta versão incluem:

  • kernel Linux atualizado 4.15;
  • desktops atualizados – KDE Plasma 5.14.4.1, LXQt 0.14.0 e Xfce 4.13.2;
  • adicionado suporte para instalação do sistema em dispositivos de armazenamento SSD M.2 e NVME;
  • suporte de sistema de arquivos adicionado para unidades flash FfFS ao instalador ROSA;
  • subsistema gráfico aprimorado quando o ROSA é usado como um sistema convidado em máquinas virtuais baseadas em KVM e Hyper-V;
  • adicionou firmware às imagens de instalação para suportar os scanners da Epson;
  • o sistema agora cria um initrd universal em vez de um hardware específico por padrão.

Confira o anúncio e também as notas de lançamento (ambos os links em russo) para mais informações.

Baixar ROSA R11

Imagens ISO separadas com suporte para inicialização em computadores usando a implementação de firmware UEFI também estão disponíveis.

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Weston 7.0 é lançado

Wayland 1.17 lançado. Greenfield Wayland Compositor pode executar aplicativos diretamente no navegador

Calculadora do Windows 10 agora disponível no Android e no iPhone

Qual o projeto mais popular do GitHub? Calculadora e Ghidra lideram.