in

A indústria de videogame é uma líder em segurança

Neste artigo, entenda o motivo da indústria de videogame ser líder em segurança e como sua empresa pode imitá-la em seus produtos.

A indústria de videogame é líder em segurança
Recentemente, o jogo Fortnite teve alguns problemas de seguraça. Crédito da imagem: Epic Games.

Antes de mais nada, você já imaginou a indústria de videogame sendo líder na área de segurança? Sequer imagina como ela chegou lá? Neste artigo, veja as razões para essa constatação.

A indústria de videogame opera de maneira diferente, por isso consegue ser uma líder em segurança

Alguns dos softwares mais complexos sendo desenvolvidos hoje estão no mercado de mais de cem bilhões de dólares dos videogames. Os jogos não são apenas atraentes para os consumidores, eles também representam um alvo lucrativo e de alta visibilidade para os hackers. Então, o quão segura é a indústria de jogos — ou melhor, quanta atenção está sendo dada à segurança durante o processo de desenvolvimento?

A indústria de videogame é uma líder em segurança
Os jogos representam um alvo lucrativo e de alta visibilidade para os hackers.

A indústria dos jogos opera diferentemente de outras indústrias nessa área. Assim, há um entendimento inato de que sotware para videogames não apenas será atacado, mas também de que seus mecanismos de segurança instalados falharão em algum ponto. Por exemplo, jogos serão pirateados e haverá usuários que estão determinados a encontrar meios de trapacear. Se falhas existem no software, os gamers certamente vão encontrá-las e manipulá-las por nada mais nada menos que curiosidade ou atenção.

Examine cada ângulo e planeje em conformidade

É por esta razão e esse entendimento em parte da indústria que os desenvolvedores de jogos planejam o que fazer se um ataque for bem sucedido — em outras palavras, ter uma resposta preparada desde o início. Por exemplo, remover controle do cliente, bloquear o software, criptografar memória e outras estratégias que empresas deveriam incluir nesse plano de mitigar potenciais ataques. Mecanismos de contingência por consequências econômicas ou sociais (exemplo: banimento de usuários ou contas) também deveriam estar preparados no caso dessas medidas não serem suficientes.

Com um histórico de avançar os limites da segurança de software, pareceria que a indústria dos videogames tem toda razão em ser a campeã. As empresas dentro da indústria têm desenvolvido proteções complexas de cópia e mecanismos contra depuração. Isso também ajuda a combater uma explosão de técnicas de trapaça que surgiram no começo dos jogos multiplayer, moedas digitais e jogo baseado em tesouros.

Considere variados mecanismos de segurança

Vamos agora examinar algumas dicas que outras indústrias podem colher do mundo dos jogos. Há um número de recursos de segurança que deveriam ser implementados no software que tem acesso a dados e funcionalidades sensíveis.

O primeiro recurso a se notar é o de checagens no lado do servidor. A segurança no lado do cliente é um ponto comum de falha. A indústria do videogame aprendeu essa lição da maneira mais difícil com o passar dos anos. Muitas empresas desenvolvedoras de videogames checam periodicamente com um servidor que eles controlam para validar as modificações que não foram feitas no jogo e ver se tudo é realizado conforme pretendido. Além disso, a detecção de anomalias no lado do servidor tem sido fundamental para combater esses esforços. Por exemplo, você não pode marcar 45 gols em 5 segundos em um jogo de futebol.

Além do mais, precisamos considerar as atualizações do tipo over-the-air, outro vetor de ataque comum. Um plano precisa estar preparado para reparar vulnerabilidades assim que elas forem identificadas. Uma atualização compulsória é claramente preferível quando se trata de questões de segurança contanto que ela possa ser justificada em coordenação com a experiência do usuário. No entanto, ela tem que ser moderada com checagens de integridade apropriadas, já que um mecanismo de atualização forçada também pode ser atacado.

Dissimulaçao é outro importante mecanismo de segurança; no entanto, não é focado em parar invasores, mas em atrasá-los.

Aprenda da experiência e melhore

Segurança é um compromisso. Usuários querem a melhor experiência e os recursos mais rápidos e brilhantes disponíveis. No fim do dia, a única maneira de minimizar o custo de adicionar segurança ao produto é incorporá-la desde o início do processo de desenvolvimento.

Afinal, você gostou de saber como a indústria de videogame tornou-se líder em segurança?

Não deixe de compartilhar!

Fonte: Venture Beat

Leia também: Desempenho dos jogos da Steam Play – Agosto de 2019

Escrito por Leonardo Santana

Astrônomo amador e eletrotécnico. Apaixonado por TI desde o século passado.

Satélites IoT podem se tornar uma realidade

Satélites IoT podem se tornar uma realidade

Manjaro 18.1 lançado com a opção de escolha da suíte Office

Manjaro 18.1 lançado com a opção de escolha da suíte Office