in

AMD publica correções de drivers gráficos Linux APU “Dali”

O suporte ao AMD Dali chegará primeiro ao kernel Linux 5.5

AMD publica correções de drivers gráficos Linux APU "Dali"

A AMD publica correções de drivers gráficos Linux APU “Dali”. Além dos desenvolvedores de drivers de Linux de código aberto da AMD estarem ocupados nas últimas semanas, oferecendo o suporte da Renoir APU, vimos os primeiros passos para trazer o “Dali” como outro próximo APU da AMD.

O codinome Dali é conhecido há alguns meses. Espera-se que seja uma APU móvel a ser lançada em 2020. Dali é esperado em mais dispositivos, enquanto a Renoir deve ter melhor desempenho.

AMD publica correções de drivers gráficos Linux APU “Dali”AMD publica correções de drivers gráficos Linux APU "Dali"

Agora chegaram os primeiros patches para o driver AMDGPU Linux. Porém, até este momento, são apenas os patches DC “Display Core” iniciais que adicionam o novo ASIC ID. Do mesmo modo, também há um segundo patch que limita explicitamente o nível de tensão de Dali.

O Dali está sendo tratado apenas como uma revisão mais recente do suporte à AMD Picasso APU. As mensagens de patch também confirmam que Dali é uma nova revisão derivada do hardware Raven 2/Picasso. 

Enquanto ainda estamos aguardando o lançamento de mais patches de Dali, neste momento, parece um fac-símile para as atuais APUs Picasso baseadas em AMD Vega. Além disso, não apresenta nenhum novo bloco de vídeo como estamos vendo com o Vega mais robusto baseado em Renoir.

Dado o timing desses patches AMD Dali iniciais, o suporte chegará primeiro ao ciclo do kernel Linux 5.5, iniciando no final do ano e atingindo a estabilidade no início de 2020.

O Linux 5.5 também é provavelmente o kernel que encontraremos em uso no lançamento do sistema operacional Ubuntu 20.04 LTS em abril. Portanto, espera-se que o suporte ao Dali (e Renoir) esteja em boa forma para essa revisão do kernel.

APU Renoir baseada em Vega possui o mesmo bloco de codificação/decodificação de vídeo VCN que o Navi

A próxima geração de APUs AMD “Renoir” está se tornando um sucessor interessante em relação às APUs Picasso existentes. Embora inicialmente tenha sido decepcionante descobrir que a APU é baseada no Vega e não em sua arquitetura Navi mais recente, os patches de código-fonte aberto do Linux continuaram mostrando bom desempenho em algumas áreas como a tela e a multimídia, blocos em comum com o Navi.

Foi interessante assistir ao formulário de suporte ao driver Renoir APU Linux desde os patches iniciais no mês passado. Mais códigos continuam a sair quase semanalmente para colocar esse suporte inicial em forma para o kernel Linux 5.4.

Enquanto o mecanismo gráfico é outro APU baseado em gráficos Vega/GFX9 e não no Navi, há melhorias em relação às APUs atuais.

Entre as mudanças continuam a evoluir:

  • o gerenciamento de energia da AMD;
  • o suporte ao mecanismo de exibição DCN 2.1 como o mais novo passo em frente do Display Core Next;
  • e agora descobrimos que ele oferecerá codificação/decodificação de mídia semelhante à Navi.

Uma confirmação feita ao Mesa há alguns dias reflete que a Renoir tem “[o] mesmo bloco VCN2.x que o Nav1x” para codificação/decodificação de vídeo. Ter um Video Core Next atualizado nas APUs atuais do Picasso/Raven é certamente prático e agradável de ver.

VCN é o bloco combinado de codificação/decodificação de vídeo que sucedeu ao hardware UVD e VCE anterior da AMD. Além de acelerar os vários formatos proprietários, o VCN suporta decodificação de conteúdo VP9, mas não codificação.

Via Phoronix

Written by Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

PureOS terá versão estável

PureOS terá versão estável

Navegador Vivaldi chega ao Android

Navegador Vivaldi chega ao Android