Aplicativos Linux terão acesso às pastas do Android no Chrome OS

Como parte de seu compromisso de tornar o Chrome OS o sistema operacional ideal para todos e para tudo, o Google está planejando agora outra grande atualização. Assim,  os aplicativos Linux terão acesso às pastas do Android no Chrome OS.

Como é hoje em dia

Por enquanto, os dispositivos Chrome OS podem executar aplicativos Chrome, aplicativos Android da Google Play Store e aplicativos Linux. Tudo isso graças ao suporte para o Debian.

No entanto, cada plataforma é executada em sua própria caixa de proteção fechada por motivos óbvios de segurança. O único local que você pode acessar de todas as três plataformas é a pasta de downloads. Isso ocorre para que os usuários sempre possam acessar os arquivos que recebem da web.

Espera-se que uma atualização futura impulsione ainda mais as coisas, desbloqueando o acesso ao conteúdo na pasta “Reproduzir arquivos” para aplicativos Linux.

Basicamente, como observa o 9to5google , isso possibilitaria que os aplicativos Linux acessassem a pasta do aplicativo Android da mesma forma como fazem agora para os Downloads.

Mais segurança

Google+ expôs os dados de usuários e Alphabet fecha rede social

Então, isto significa que os usuários teriam que lidar com menos restrições ao mover dados de um sistema operacional para outro. Porém, ao mesmo tempo, também levantam preocupações sobre como a segurança pode ser afetada pelas barreiras levantadas.

Basicamente, o sandbox deve impedir que qualquer arquivo malicioso comprometa outra plataforma no mesmo dispositivo. Portanto, restringir o acesso à pasta Downloads é uma maneira muito eficaz de fazer isso.

No entanto, uma vez que os aplicativos Linux tenham acesso a mais pastas, inclusive aos próprios dados do Android, uma exploração em potencial poderia produzir muito mais danos. O invasor poderia ter acesso a informações que, de outra forma, não seriam capazes de acessar.

Neste ponto, porém, isso é apenas uma possibilidade descoberta no gerenciamento do código-fonte do Chromium Gerrit. Portanto a ideia ainda está ainda é embrionária. Resta saber quando e se o Google quer finalizar esse projeto. Se isso acontecer, precisa lidar com essas preocupações de segurança e esta pode ser a parte mais difícil do trabalho.

Claylson
Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Como adicionar temas no LibreOffice

Previous article

Conheça e instale o Eternal Terminal

Next article

You may also like

More in Notícias